Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 12 de Maio de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Polícia cumpre prisão de investigados por estelionato e furto de gado

As medidas cautelares foram decretadas pelo Poder Judiciário da Comarca de Cromínia e cumpridas nas cidades de Silvânia, Luziânia e na capital Goiânia.

Polícia Civil do Estado de Goiás - 03 de maio de 2021 - 13:00

Polícia cumpre prisão de investigados por estelionato e furto de gado

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR), deflagrou na presente data (29), a Operação Mitomania, que consistiu no cumprimento de dois mandados de prisão preventiva em desfavor de N.J.S.N. e G.S., bem como mandados de busca e apreensão nas suas respectivas residências. As medidas cautelares foram decretadas pelo Poder Judiciário da Comarca de Cromínia e cumpridas nas cidades de Silvânia, Luziânia e na capital Goiânia. Os presos são integrantes de uma associação criminosa conhecida da Delegacia de Crimes Rurais e investigada por crimes diversos de estelionatos, furtos e roubo na zona rural do Estado.

A ação desse grupo criminoso se apoia principalmente na conquista da confiança das vítimas, conseguida entre conversas amigáveis e uma intrincada sequência de mentiras. No último caso investigado, os investigados simularam a compra de uma propriedade rural, incluindo animais e benfeitorias, pelo valor total de R$ 3.400.000,00 (três milhões e quatrocentos mil reais), na tentativa de subtrair, de modo ardiloso, todo o gado da fazenda. Contudo, assim que o funcionário desconfiou da ação, os autores passaram a ameaçá-lo para garantir a subtração dos animais, levando um total de 44 cabeças de gado. As reses foram localizadas pelo Batalhão Rural da Polícia Militar, em Trindade. As investigações prosseguem no sentido de identificar possíveis coautores, bem como esclarecer outros crimes praticados pela associação criminosa.

A divulgação da imagem e identificação dos presos foi procedida nos termos da Lei 13.869/19, Portaria 02/2020 -PC e Despacho DRCR/DGPC da lavra da Autoridade Policial responsável pelas investigações, especialmente porque visa à identificação de possíveis outros crimes praticados pelos suspeitos, bem como surgimento de novas testemunhas e elementos informativos.

SIGA-NOS NO Google News