Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 4 de Agosto de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Procon investiga denúncias de aumento abusivo do preço do combustível em Goiás

No total, 30 postos devem ser fiscalizados nos próximos dias

Verde Vale - 08 de maio de 2021 - 08:40

O Procon Goiás realiza hoje, sexta-feira (7), uma ação de fiscalização em postos de Goiânia e Senador Canedo com o objetivo de verificar denúncias de aumentos abusivos no preço dos combustíveis. O estabelecimento visitado deverá apresentar os documentos com os custos do produto e a justificativa para o aumento do preço repassado ao consumidor.

O órgão relata que os consumidores foram pegos de surpresa com o aumento repentino dos combustíveis como o etanol que subiu, em média, 60 centavos, e a gasolina, que teve aumento médio de 23 centavos.

De acordo com o Procon, os valores dos produtos são definidos dentro do regime de livre mercado levando em conta custos de aquisição do item, margem líquida de remuneração, despesas operacionais, impostos incidentes e padrão de concorrência de cada mercado. Portanto, o local terá um prazo de 10 dias para entregar as notas fiscais de compra e venda de cada semana, desde janeiro até a primeira semana de maio/2021, bem como a planilha de custos.

Caso seja constatado o preço abusivo, o posto será alvo de um processo administrativo sancionatório cuja multa pode variar de R$ 680 a R$ 10,2 mil.

Na segunda-feira (10), a ação fiscalizatória do Procon deve chegar também aos municípios de Aparecida de Goiânia e Terezópolis de Goiás. Ao todo, serão 30 postos fiscalizados.

SIGA-NOS NO Google News