Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sexta, 19 de Julho de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

O que se comemora no dia 8 de julho

A tradição mais popular relacionada à rainha Santa Isabel é conhecida como “milagre das rosas”.

Redação - 08 de julho de 2020 - 07:50

Foto: Supermercado Escola
Foto: Supermercado Escola

No Brasil, o Dia do Padeiro é comemorado em 8 de julho. Diz a lenda que essa data tem origem em um fato ocorrido em Portugal, em 1333, época da rainha Santa Isabel, a padroeira dos panificadores e padeiros. A tradição mais popular relacionada à rainha Santa Isabel é conhecida como “milagre das rosas”.

Certo dia, segundo a tradição, quando a rainha se preparava para distribuir os pães, o rei Dom Dinis I encontrou-a e exigiu que lhe mostrasse o que escondia em seu avental. Isabel de Aragão respondeu que carregava rosas, mas o rei não acreditou e pediu para que ela mostrasse o que escondia. Ao abrir o avental, várias rosas vermelhas caíram ao chão. Dom Dinis não se conteve e beijou as mãos da esposa, retirando-se enquanto os súditos presentes (que iam receber os pães) começavam a gritar: “Milagre! Milagre!”.

Não nos cabe questionar a tradição oral que deu origem à comemoração do Dia do Panificador, mas a santa auxiliava os necessitados em uma época em que Portugal passava por um período de miséria que atingiu a quase todas as classes sociais. Historicamente, sabe-se que, na tentativa de solucionar o problema, a rainha mandou empenhar as suas joias e, com o dinheiro, encomendou trigo em lugares longínquos para abastecer o celeiro real português e, no moinho, eram produzidos os pães. E manteve, dessa maneira, seu conhecido costume de distribuir pães aos pobres em momentos de crises.

Assim, Santa Isabel é considerada a padroeira dos panificadores. A Rainha Santa, como ficou conhecida, foi beatificada e, posteriormente, canonizada pela Igreja Católica.

Por Sabor a Vida

SIGA-NOS NO Google News