Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 24 de Maio de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Notícias do Pan

Agência Brasil - 12 de agosto de 2003 - 10:28

O Brasil ganhou três medalhas de ouro, duas de prata e sete de bronze no décimo dia de competição dos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo. O judô brasileiro teve ontem outro dia de muita festa, com a conquista de mais duas medalhas de ouro e uma de bronze. A meio-pesado Ednanci Silva (-78kg) e o pesado Mário Sabino (-100kg) tornaram-se campeões pan-americanos ao derrotar a cubana Yurisel Laborde e o canadense Nicolas Gill. Já o médio Carlos Honorato (-90kg) ficou com o bronze ao superar na decisão o argentino Diego Rossati.

Uma das medalhas mais sofridas do Pan foi conquistada pela seleção brasileira masculina de handebol, que precisou de duas prorrogações para derrotar a arqui-rival Argentina por 31 a 30. Com o adversário entalado na garganta, os brasileiros comemoraram também a vaga para disputar a Olimpíada de Atenas, no ano que vem.

No pentatlo moderno, a americana naturalizada brasileira Samantha Harvey ganhou a medalha de prata ao somar 5.256 pontos depois das competições de tiro, esgrima, hipismo, natação e corrida. O resultado deu ao Brasil também uma vaga no esporte para a Olimpíada da Grécia (foi a melhor sul-americana e atingiu o índice mínimo de 4.800 pontos).

A natação brasileira conseguiu quatro medalhas no primeiro dia de competição, uma de prata e três de bronze. O revezamento 4 x 200m livre, formado por Monique Ferreira, Mariana Brochado, Ana Carolina Muniz e Paula Baracho, ganhou a medalha de prata, com o tempo de 8min10s54, novo recorde-sul-americano e índice para a Olimpíada de Atenas.

Nos 100m peito, Eduardo Fischer ficou com o bronze, com novo recorde sul-americano (1min01s92) e índice olímpico. Caçula da delegação, Joanna Maranhão terminou em terceiro lugar nos 400m medley, com 4min46s38, também índice para a Grécia. Outro bronze e índice foram obtidos por Rodrigo Castro, nos 200m livre, com 1min49s55. Na única prova sem medalha, Flávia Delaroli terminou em quarto lugar nos 100m livre, com 56s41.

O futebol feminino brasileiro comemorou bastante a classificação para a disputa da medalha de ouro. O time dirigido por Paulo Gonçalves derrotou a Argentina por 2 a 1 na semifinal disputada no Estádio Olímpico. O adversário da final, marcada para quarta-feira, será o Canadá, que derrotou o México na outra semifinal por 3 a 2.

O karatê teve um ótimo dia no pavilhão de lutas no Centro Olímpico. Jurandir Andrade e Cíntia Lassálvia, que são casados há 7 anos, conquistaram a medalha de bronze no katá. No kumitê, Lucélia de Carvalho, Nélson Luiz Bittencourt e Emmanuel Santana se classificaram para as semifinais desta terça-feira. Todos já garantiram ao menos a medalha de bronze.

Ronivaldo Conceição obteve outro bronze para o Brasil, no squash. Ele foi derrotado na semifinal pelo canadense Shahier Razik por 3 a 0 (parciais 9/1, 9/2 e 9/5), conquistando a primeira medalha da modalidade em Santo Domingo.

No ciclismo, o melhor resultado do dia foi obtido por Murilo Fischer e Rosane Kirsh na prova contra relógio. Os dois terminaram em sexto lugar na especialidade, disputada no Mirador del Sul. Márcio May foi sétimo no masculino e janildes Fernandes terminou em oitavo no feminino.

O tênis de mesa teve outro bom dia no Pan. Thiago Monteiro, Gustavo Tsuboi, Hugo Hoyama, Lígia Silva e Mariany Nonaka continuam na chave de simples do torneio, O único eliminado nesta segunda-feira foi Bruno dos Anjos, medalha de prata nas duplas, que perdeu para o cubano Juan Salamanca por 4 sets a 3.

No hóquei em linha, o Brasil perdeu na estréia para o Canadá por 17 a 2, pela manhã, e venceu à noite o México por 7 a 4.

O badminton se despediu nesta segunda-feira do Pan. O paulista Guilherme Pardo, que era a maior esperança da equipe, acabou eliminado nas quartas-de-final do torneio individual pelo canadense Kyle Hunter por 2 a 1. As duplas masculinas e mistas também ficaram nas quartas-de-final.

O beisebol também se despediu do Pan. A seleção brasileira derrotou o Panamá por 3 a 2, no Estádio Tetelo Vargas, conquistando o quinto lugar no torneio.

Na vela, a segunda-feira também foi de medalhas. Robert Scheidt (laser), Ricardo Winick (mistral), Bruno Amorim e Dante Bianchi (snipe) receberam suas medalhas de ouro, enquanto Daniel Santiago, Maurício Santa Cruz, João Carlos Jordão e Alan Adler (J24) ganharam a prata em cerimônia realizada na praia de Boca Chica.

No boxe, Washington Silva, meio-pesado (-81kg), Joílson Gomes (-75kg) e Raphael Zumbano (+ 91kg) foram eliminados do Pan ao perderem suas lutas ontem.

SIGA-NOS NO Google News