Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 30 de Maio de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Em MS, 33% dos contribuintes já declararam o Imposto de Renda

De acordo com balanço estadual, Receita Federal recebeu 211.422 declarações em 30 dias

Campo Grande News - 16 de abril de 2024 - 15:00

Em MS, 33% dos contribuintes já declararam o Imposto de Renda

Mato Grosso do Sul alcançou, na tarde desta segunda-feira (15), a marca de 211.422 declarações do Imposto de Renda 2024. Conforme balanço divulgado pela Receita Federal, o número é considerado um terço (33,8%) do total de declarações a serem enviadas em todo o Estado.

No país, são 11,95 milhões de declarações entregues, o equivalente a 27,8% do total de 43 milhões contribuintes ativos no ano anterior. Segundo o painel simultâneo ddo Leão, 54,7% das declarações foram feitas de forma simplificada e já representam 13,6% do que foi declarado no mesmo período do ano passado.

Zumilson Custódio da Silva, delegado da Receita Federal em Campo Grande, acredita que houve aumento do número de declarações devido à facilidade que os contribuintes têm, este ano, para preencher e enviar os documentos. É importante lembrar que os horários de pico são entre 9 e 11 horas.

Quem tem que declarar:

  • Recebeu rendimentos tributáveis maiores do que R$ 30.639,90 em 2023. O valor é superior ao de 2022, quando era R$ 28.559,70;
  • Recebeu no ano passado rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, superiores a R$ 200 mil. Exemplos são heranças e doações. Esse valor era de R$ 40 mil no ano anterior;
  • Recebeu capital na alienação de bens ou direitos sujeito ao imposto em qualquer mês de 2023;
  • Operou em 2023 alienação em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas e obteve rendimento maior que R$ 40 mil;
  • Ganhou receita bruta por atividade rural em valor superior a R$ 153.199,50 em 2023. No ano anterior, eram R$ 142.798,50;
  • Passou a ter em 2023 a posse ou a propriedade de bens ou direitos de valor total maior que R$ 800 mil. Em 2022, eram R$ 300 mil;

SIGA-NOS NO Google News