Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 23 de Abril de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Devido aos casos de Covid-19, Prefeitura imunizará toda a população contra gripe

Prefeitura de Brasilândia adquiriu 3000 doses com recursos próprios.

Prefeitura de Brasilândia - 13 de maio de 2020 - 10:40

Devido aos casos de Covid-19, Prefeitura imunizará toda a população contra gripe

O Município de Brasilândia adquiriu mais de oito mil doses de vacina contra Influenza (H1N1), sendo três mil com recursos próprios e cinco mil doadas pelo Instituto Butantã. Vale lembrar que a dose não previne do contágio da Covid-19 e sim, auxilia no diagnóstico caso a pessoa contraia a doença.

O dia D será neste sábado (16), em frente ao Parque Akira Otsubo, das 7h às 15h (MS), sendo somente Drive Thru para pessoas de 12 a 59 anos e que não fazem parte do grupo prioritário. Nas Estratégias de Saúde da Família 1, 2 e 3 e bairro Novo Porto João André será somente presencial, também das 7h às 15h (MS). No Distrito Debrasa será na próxima semana, com data e horário a serem divulgados.

Já os servidores públicos municipais serão imunizados em seus setores nesta quarta e quinta-feira (13 e 14), enquanto os professores e profissionais da educação receberão as doses nesta sexta-feira (15), na Unidade Básica de Saúde (UBS), das 7h às 13h (MS).

Crianças abaixo de doze anos, pessoas com doenças crônicas, idosos e dos outros grupos prioritários elencados pelo Ministério da Saúde estão recebendo informações dos Agentes Comunitários de Saúde de sua unidade, por meio de mensagem de aplicativo do celular, o melhor dia e horário para serem imunizados nas Estratégias de Saúde da Família.

Para todos os grupos é necessario levar a carteira de vacinação.

A vacina é mais uma medida de proteção a esse público, já que é uma proteção aos quadros de doenças respiratórios comuns, que dependendo da gravidade pode levar a óbito.

Além disso, a preocupação é evitar que o grupo prioritário, público mais vulnerável ao Coronavírus, precisem fazer deslocamentos no período esperado de provável circulação do vírus no país.

SIGA-NOS NO Google News