Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sexta, 26 de Novembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Vitelo do Pantanal é sucesso nas churrascarias de SP

Agência Popular - 08 de outubro de 2003 - 14:44

São Paulo, SP - O jantar realizado ontem para anunciar o lançamento da carne de vitelo pantaneiro nas churrascarias do Estado de São Paulo mobilizou o setor gastronômico da maior metrópole do país.

Cerca de 200 pessoas — eram esperadas 120 — lotaram o salão reservado para o evento na churrascaria Jardineira Grill. Estiveram presentes o governador Zeca do PT e a primeira-dama, Gilda Maria Gomes dos Santos, secretários de Estado e assessores de gabinete do MS, o compositor Almir Sater, jornalistas, diretores de sindicatos do setor, importantes empresários do setor de frigoríficos e restaurantes. A chegada do vitelo pantaneiro às churrascarias foi noticiada pela coluna Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, de repercussão nacional.

Durante o evento, o governador Zeca do PT anunciou acordo com a Associação das Churrascarias do Estado de São Paulo (Achuesp) – com 85 associados. “Esse acordo vai permitir que os clientes das melhores churrascarias do Estado de São Paulo tenham acesso à macia carne do vitelo pantaneiro”, disse o governador. “E uma forma de divulgar a excelência dos produtos do nosso Pantanal”.

O projeto do vitelo pantaneiro surgiu de uma ação do Governo de Mato Grosso do Sul para revitalizar a economia da região e assim conter a evasão do cidadão pantaneiro, que não conseguia se manter em sua terra.

Estudos mostram que o Pantanal tem potencial para oferecer ao mercado 450 mil animais por ano ou 14,5 toneladas de carcaça. Os animais são monitorados em todas as fases de produção, abate e acondicionamento. O vitelo é uma carne de animais machos e fêmeas entre sete e 12 anos de idade, pesam, em média, 180 quilos, sendo 55% só de carcaça, que atende aos padrões exigidos pelo mercado internacional, em especial o europeu.

“O Pantanal tem cerca de 180 criadores de vitelo pantaneiro, sendo que 80% deles são de pequeno e médio porte e que vão se beneficiar bastante com essa iniciativa”, explicou Almir Sater, que também é um criador de vitelo.

O presidente da Achuesp, José Roberto Terassi, elogiou a qualidade da carne do vitelo e revelou que, segundo suas expectativas, esse novo produto deverá responder por cerca de 20% do consumo total de carne das churrascarias. Para dar uma idéia do que representa o acordo, Terassi usou números: “Os restaurantes associados atendem 1,4 milhão de pessoas por mês, portanto o potencial de consumo do vitelo pantaneiro no Estado de São Paulo é altamente expressivo”.



Julio Fucuta

SIGA-NOS NO Google News