Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 28 de Outubro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Três Lagoas: Templos religiosos poderão retomar suas atividades na segunda-feira

Reunião feita com vários líderes religiosos, juntamente com o Comitê de Enfrentamento a Covid-19 definiu a data de liberação para a reabertura de igrejas e templos religiosos

Rádio Caçula - 23 de abril de 2020 - 10:20

Três Lagoas: Templos religiosos poderão retomar suas atividades na segunda-feira

Uma reunião que aconteceu no final da tarde de quarta-feira (22), com a presença de líderes religiosos, do secretário de Governo e Políticas Públicas, Dayler Leonel Martins, o promotor de Justiça, Moisés Casaroto, o diretor da Vigilância Sanitária, Christovão Bazan e o membro do comitê, Cassiano Rojas Maia. Reunião pautada para a reabertura de igrejas e templos religiosos em Três Lagoas.

Sendo então oficialmente declarada a reabertura de igrejas e templos religiosos, a partir de segunda-feira (27), data que também será publicada a redação oficial do decreto regulador no Diário Oficial dos Municípios do Estado de Mato Grosso do Sul.

A redação final do decreto será alinhada após a revisão da Assessoria Jurídica do Município e dos líderes das instituições, para que os templos religiosos possam retomar suas atividades de forma segura e que da mesma maneira se permitam que o isolamento social continue.

Em nota, foi ressaltada a importância social dos templos religiosos, não somente pelo que representam, mas também pelos serviços assistenciais que prestam para as pessoas em situação de pobreza ou desamparo, por meio de ações e programas permanentes.

Mesmo com a reabertura as igrejas e o templos religiosos, deverão seguir as regras impostas, tais como:

Ser necessário se atentar ao limite por reunião que não poderá ultrapassar 30% do total de pessoas permitidas pelo alvará emitido pelos bombeiros, exigindo-se também a distância mínima de um metro e meio entre os presentes e que todos estejam obrigatoriamente fazendo o uso da máscara de proteção.

Deverá ser disponibilizado na entrada dos templos e igrejas, aferidores de temperatura infravermelho, para que possam ser identificadas pessoas com sintomas febris, e caso seja identificada, deverá ser orientada a retornar a sua residência se mantendo em observação.

Ter o intervalo mínimo de uma hora e meia entre uma reunião e outra, para que seja feita a higienização do local, também possibilitando a saída dos presentes para a chegada dos participantes do próximo horário.

E ainda ficou recomendado, para que os templos e igrejas continuem a realizar ou realizem as transmissões ao vivo pela internet da reunião, possibilitando assim, o acesso das pessoas que estão restritas de ir local, acompanhar de sua residência os ensinamentos.

E algumas restrições foram impostas, como:

Caso algum individuo venha a apresenta um quadro semelhante a gripe, que tenham mais de 60 anos de idade, as gestantes e as crianças que tenham menos de 12 anos, estão restritas a frequentarem as reuniões, pois se enquadram no grupo de risco para a Covid-19.

Ficando também proibido qualquer tipo de contato físico, como abraços, beijos, cumprimentos, apertos de mão e afins, antes, durante e depois da realização das reuniões, evitando assim uma possível contaminação entre os fiéis.

SIGA-NOS NO Google News