Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 26 de Janeiro de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Sebrae lança programa para acordar empresários

Assessoria - 11 de março de 2009 - 14:44

Durante o lançamento do programa “CRIE MS – Soluções e oportunidades para micro e pequenas empresas” o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS, Luiz Cláudio Sabedotti Fornari, falou sobre as características que favorecem a região a enfrentar a crise. “Mato Grosso do Sul é diferente, por ser um Estado novo não tem os problemas comuns às regiões mais antigas e por isso sai na frente. O CRIE vai acordar os empresários para a importância de ações simples, mas que irão ajudá-lo a enfrentar a situação e continuar no mercado”.

O diretor-superintendente do Sebrae/MS, Cláudio George Mendonça, explica que além do comércio e da indústria, o CRIE vai oferecer ações direcionadas para o agronegócio para que o produtor rural também esteja atento e se posicione como empresário. “O momento é de redução de custos na produção e de muito trabalho para desenvolver a atividade, buscando soluções alternativas”.

O governador André Puccinelli destacou a importância de ações conjuntas. “O tempo não pára e temos que enfrentar o que vem pela frente. Neste momento, alguns sucumbem e outros vencem. O governo está tendo uma postura franca de discussão com os órgãos que podem auxiliar a vencer as dificuldades do momento”.

Sérgio Longen, presidente da Fiems, acredita que um programa como o CRIE é uma oportunidade para que a micro e a pequena empresa tenha novas ferramentas para enfrentar a crise. “Este programa é uma iniciativa admirável e vai colaborar com o pequeno empreendedor de Mato Grosso do Sul”, finaliza.

Oportunidades

O programa CRIE MS, do Sebrae em parceria com o Governo de MS, prevê 3.600 ações em todo o Estado, de incentivo e orientação aos empresários para que conheçam soluções e alternativas para superarem a crise econômica. Serão oferecidas palestras setoriais, aconselhamentos, diagnósticos e consultorias em gestão financeira, entre outras.

“As mpes são grandes geradoras de emprego em Mato Grosso do Sul. Somente entre as formais são 92 mil, que representam 99% dos empreendimentos abertos e geram mais de 200 mil postos de trabalho”, diz Cláudio George Mendonça, diretor superintendente do Sebrae/MS.

Segundo Mendonça, os fatores que intensificam os efeitos da crise nos pequenos negócios são os mesmos identificados no cotidiano de gestão, que figuram as causas da mortalidade empresarial. “Aqueles antigos problemas, como a ausência de capital de giro, custos elevados, a falta de crédito bancário e a inadimplência de clientes, somados à falta de orientação e preparo gerencial, se agravam neste cenário”, destaca.

Como primeira ação do programa, será realizada em Campo Grande, a palestra gratuita “Alternativas e oportunidades em tempos de crise”, com o economista Roberto Luis Troster. O palestrante é Doutor em economia e consultor do Banco Mundial e Fundo Monetário Internacional. No interior do Estado, a partir do dia 26 de março, acontecerão palestras voltadas para o setor do comércio varejista nas cidades de Jardim, Três Lagoas e Dourados. Mais informações sobre a programação do CRIE-MS podem ser obtidas pelo 0800-570-0800 ou no site www.ms.sebrae.com.br

SIGA-NOS NO Google News