Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sábado, 18 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Sebrae e Governo de MS lançam CRIE MS amanhã na Capital

Assessoria - 10 de março de 2009 - 16:32

Corte de custos, demissão e promoção. Três palavras que entraram com força nas conversas entre os empresários e muitos já utilizam dessas estratégias para tentar manter o ritmo de venda. Segundo sondagem realizada pelo Sebrae/MS, em todo o Estado, mais de 18% das empresas adotaram o corte de custo como medida para superar a queda no faturamento. “Através do nosso questionário identificamos que 53% sentiram impactos da crise econômica nas suas empresas”, explica o diretor superintendente do Sebrae/MS, Claudio George Mendonça.



Durante a sondagem foi concluído que o setor empresarial não é homogêneo ao visualizar a crise e suas ameaças. “A falta de informação sobre a dimensão da crise e seus possíveis impactos pode explicar que exista uma grande proporção de empresários que não perceberam nenhum efeito e não pretendem adotar qualquer medida preventiva”, analisa Mendonça.



Para despertar a atenção e buscar soluções através de ações direcionadas para os setores produtivos específicos, o Sebrae, em parceria com o Governo de Mato Grosso do Sul, lança no dia 11 de março (quarta-feira), em Campo Grande, o programa CRIE MS – Soluções e oportunidades para micro e pequenas empresas. “Estão previstas mais de 3.600 atividades de capacitação, palestras, consultorias em gestão financeira, diagnósticos e aconselhamento empresarial em todo o Estado”, promete.



Conforme a sondagem a redução nas vendas foi sentida por 55% dos empresários questionados, sendo que 14% entendem que os custos sofreram elevações. “Porém, nem todas as pessoas têm certeza em atribuir esse impacto à crise, pois em alguns setores ocorreram indícios de diminuição das vendas anteriores a setembro, quando as primeiras informações foram divulgadas pela imprensa”, diz o diretor superintendente.


Portanto, Mendonça acredita que os fatores que intensificam os efeitos da crise nos pequenos negócios são os mesmos identificados no cotidiano de gestão, que figuram as causas da mortalidade empresarial. “Aqueles antigos problemas, como a ausência de capital de giro, custos elevados, a falta de crédito bancário e a inadimplência de clientes, somados à falta de orientação e preparo gerencial, se agravam neste cenário”, finaliza.

Serviço

O lançamento do programa “CRIE MS – Sempre existem soluções para quem cria oportunidades”, acontece na quarta-feira, dia 11 de março, às 7h15, na sede do Sebrae-MS, em Campo Grande, situada à Avenida Mato Grosso, 1661.



SIGA-NOS NO Google News