Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 14 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Negócios envolvendo a soja estão parados

Fernanda Mathias/Campo Grande News - 03 de maio de 2006 - 10:34

Desde ontem todos os negócios envolvendo a compra e venda de soja em Mato Grosso do Sul estão parados, segundo a Granos Corretora de Grãos. Reflexo do movimento de base ruralista iniciado na semana passada, que bloqueia armazéns de grãos de cooperativas e cerealistas e também a passagem de veículos de cargas em rodovias. Com isso, os negócios não oferecem segurança de cumprimento de contratos e por isso estão parados.

Segundo a Granas, o nível de comprometimento das cerca de 4,4 milhões de toneladas de soja produzidas no Estado nesta safra é de 46% a no máximo 50%. Isso significa que mais da metade da produção está represada no Estado, ou seja, 2,2 milhões de toneladas. Com a média diária de embarque de 40 mil toneladas, a estimativa é que deixem de ser negociados diariamente R$ 19 milhões, com o movimento.

O movimento teve início no Mato Grosso e se alastrou por vários municípios de Mato Grosso do Sul. Esta manhã líderes sindicais se reúnem na Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) para discutir a orientação do movimento. O setor cobra principalmente mecanismos que assegurem melhores preços na negociação da safra. Embora a soja tenha apresentado alta em Chicago, referência para o produto, a valorização do real frente ao dólar acabou empatando esse ganho.

SIGA-NOS NO Google News