Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 18 de Janeiro de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Mais de mil já estão cadastrados para prêmio em MS

Sebrae - 08 de agosto de 2003 - 14:07

No Brasil, mais de 71 mil pessoas estão cadastradas para concorrer ao "Sonho de Negócio" através do prêmio de 2 mil reais por Estado. Atualmente, em Mato Grosso do Sul, cerca de 1.070 ouvintes estão cadastrados. Deste número, 86% são de desempregados. A maioria sobrevive de "bicos". Do total, 20% recebem até um salário mínimo, 25% recebem dois salários e apenas 11% recebem três e 4% não possuem renda. Dos cadastrados no Estado, 32% não completaram o primeiro grau e apenas 2% possuem o superior completo.
A ouvinte Adriana Ferreira, da cidade de Nova Andradina, escreveu ao programa para concorrer ao prêmio e ajudar o marido que tem o sonho de montar seu próprio negócio. Na carta, Adriana conta que seu marido quer trabalhar com propaganda e para isso precisa de caixas de som, fitas e demais equipamentos que totalizam o valor do prêmio. Já Helena Pereira Lima, de Caarapó, que vende salgado nas ruas da cidade, tem o sonho de montar uma pastelaria. Segundo Helena, o valor do prêmio equivale a todos os equipamentos que necessita: um balcão, um freezer, uma estufa, além de cadeiras e mesas. "Já sofri muito e ninguém me ajudou", conta na carta, com a esperança de ser sorteada e aposentar a bicicleta que usa na venda dos salgados.

Experiência-piloto - O sucesso do programa já foi comprovado durante uma experiência-piloto realizada nos estados da região Norte, de dezembro de 2001 a abril de 2002. Foram alcançados mais de 370 mil ouvintes, a maior parte com renda familiar inferior a três salários mínimos. A veiculação do A gente sabe, a gente faz gerou o cadastramento de 31.047 pessoas interessadas em abrir o próprio negócio.
Além de conquistar o público, o que foi comprovado por pesquisas de audiência, o programa obteve também o reconhecimento da Associação Brasileira de Educação à Distância (Abed), que concedeu ao Sebrae o primeiro lugar no Prêmio Abed/Embratel de Excelência em Educação a Distância, no ano passado.

SIGA-NOS NO Google News