Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Segunda, 29 de Novembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Idosa realizou dois sonhos: ser diplomada e atuar

João Prestes - 03 de julho de 2003 - 08:35

Campo Grande (MS) – Para os 328 que receberam o certificado de conclusão de alfabetização, ontem foi um dia especial. Mas para a aposentada Geni Rocha de Souza, 73 anos, foi mais do que isso: a realização de dois sonhos. Ela abriu a solenidade de diplomação, evento realizado ontem no principal auditório (Manoel de Barros) do Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, e que contou com as presenças do governador Zeca do PT, dona Gilda Maria dos Santos, deputados estaduais, secretários de Estado, entre outras autoridades."Você não imagina quanto é bom", contou a idosa emocionada, minutos depois de sua apresentação em que falou sobre a felicidade de saber ler e escrever, e cantou a cantiga de ninar acompanhada pelo público. Geni de Souza mora no bairro Santa Luzia, onde freqüentou por três meses o curso de alfabetização desenvolvido pelo governo do Estado em parceria com a Fundação Banco do Brasil. Na platéia estavam alguns de seus 14 filhos – todos alfabetizados – e muitos netos. "Fiz de tudo pra criar e dar estudo para meus filhos, até lavei roupa pra fora", relatou.
Mais idosa dez anos do que Geni, porém tão forte e feliz quanto, dona Didir Alves dos Santos também recebeu hoje seu diploma de alfabetizada, ao lado de três filhas dos 13 que criou. "Senti uma emoção muito grande quando consegui ler as primeiras palavras." Muito popular na Vila Nova Lima, onde é conhecida como Vozinha, dona Didir franqueou uma sala do Centro Espírita Maria de Magdalena – do qual é dirigente – para o curso de alfabetização. E decidiu assistir as aulas. "Quando eu era nova, comecei a estudar. Mas logo meus pais se mudaram pra fazenda e interrompi os estudos. Agora não vou parar. Enquanto Deus me der vida e saúde, vou continuar estudando", garantiu.

SIGA-NOS NO Google News