Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 20 de Junho de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Estado antecipa 13º salário e paga famílias do Vale-Renda

Bianca de Freitas Caruso, noticias ms - 08 de dezembro de 2012 - 09:41

Campo Grande (MS) – Cerca de 60 mil famílias do Vale-Renda receberão no dia 14 de dezembro o pagamento do 13º salário. Assim como será feito com o funcionalismo público estadual, o governo do Estado também antecipou a data de liberação do abono natalino aos beneficiários do programa social. O valor da folha corresponde a R$ 9,3 milhões.

Conforme o diretor-geral da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), Álvaro Cardoso de Ávila, no período entre 18 e 21 de dezembro também será paga a parcela referente ao mês de novembro. Juntos os dois vencimentos somam cerca de R$ 18,6 milhões que serão injetados no mesmo mês na economia de Mato Grosso do Sul.

“Este benefício de caráter de inclusão bancária faz com que as famílias possam fazer pagamentos e retiradas. Então esses recursos que serão liberados pelo governo do Estado vão movimentar a economia”, enfatiza Álvaro Cardoso de Ávila, lembrando que no ano passado o pagamento do 13º salário foi liberado no dia 22 de dezembro. Cada beneficiário possui um cartão magnético que lhe permite sacar o dinheiro em caixa eletrônico ou efetuar compras no comércio, com débito em conta.

As famílias assistidas recebem um auxílio mensal de R$ 155 e com os dois pagamentos em um mesmo mês poderão saldar seus compromissos e garantir as compras de fim de ano. Com pagamentos em dia como a do programa Vale-Renda, do funcionalismo público estadual, além da prorrogação do IPI da linha branca e dos automóveis, a expectativa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul (Fecomércio) é de um aumento de 7% nas vendas no Estado.



Compromisso

Com esta iniciativa, o governo do Estado reafirma o compromisso com os beneficiários do Vale-Renda em pagar o 13º salário, estabelecido conforme lei estadual. O programa é o único no Brasil que há dois anos assegura a décima terceira parcela, além dos doze repasses regulares rigorosamente em dia. Todos os anos a Setas divulga o calendário de pagamento, um cronograma que serve para todo o Estado e obedece a uma ordem alfabética - o dia do pagamento é relacionado à inicial do nome do titular do cartão.

Desde a criação do programa, o governador André Puccinelli tem mantido o compromisso de reajustes anuais, visando garantir o poder de compra das famílias contempladas. O benefício, que começou com o valor de R$ 120, passou para R$ 130 em 2010, e foi elevado a R$ 145 em 2011. O último aumento foi de 6,9% passando a transferência direta de renda de R$ 145 para R$ 155 no ano de 2012.

SIGA-NOS NO Google News