Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 22 de Maio de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Com bloqueios impedidos, produtores refazem estratégia

Fernanda Mathias / Campo Grande News - 10 de maio de 2006 - 10:05

A partir da decisão do juiz Ricardo César Galbiati da segunda Vara de Fazenda Pública, de conceder liminar ao governo do Estado para que tenha reintegração de posse de agências fazendárias e rodovias estaduais, bloqueados por produtores, os integrantes do movimento Alerta no Campo estarão reunidos hoje às 9 horas no auditório da Famasul (Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul) para rediscutir as estratégias do movimento, segundo a diretora da Federação e integrante do Fórum Permanente de Acompanhamento do Movimento, Teresa Cristina Corrêa da Costa.

“Isso não nos desmobiliza, só muda nossas estratégia, como temos reafirmado. O movimento só acaba quando formos ouvidos”, diz. Para que isso ocorra e que sejam revistas às posições do movimento, representantes dos 63 sindicatos rurais ativos foram convocados para a reunião desta manhã.

Até ontem, o movimento tinha adesão de 60 municípios e 30 Agenfas foram bloqueadas, segundo Teresa. Ela afirma que ontem, em reunião com o governador de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, o governador disse que seria porta-voz da categoria em Brasília (DF).

O procurador-geral do Estado, Rafael Coldibelli, disse que a Famasul será notificada da decisão, que prevê multa de R$ 20 mil diários, em caso de desobediência, e disse que a idéia do governo é de adotar uma postura pacífica, sem empregar força policial para que a decisão seja cumprida.

Na semana passada, o movimento já havia sofrido um baque, com a decisão da justiça federal impedindo os bloqueios nas estradas federais. Ainda assim, a BR-163, onde os agricultores se reuniram com representantes da Comissão de Agricultura da Câmara Federal, foi temporariamente bloqueada ontem em São Gabriel do Oeste.

SIGA-NOS NO Google News