Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 26 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Campo Grande recebe a visita da FIFA na terça-feira

Mauro Rodrigues - 28 de janeiro de 2009 - 18:15

divulgação
divulgação

A visita dos inspetores da Fifa as 17 cidades que postulam ser subsedes da Copa do Mundo de 2014 começa nesta sexta-feira, dia 30, por São Paulo. No roteiro programado, Campo Grande (MS), a capital do Pantanal, será a oitava cidade visitada, no dia 03 de fevereiro, terça-feira, a partir das 15h (horário de Brasília), e aposta em seu projeto para ser uma das 12 cidades escolhidas para a grande festa do futebol mundial.



O governador André Puccinelli e o prefeito Nelsinho Trad serão os anfitriões dos inspetores da Fifa Thierry Weil, diretor de Marketing da entidade, Dick Wiles, co-diretor da subsidiária Match, além de Fúlvio Danilas, gerente responsável pelo projeto Copa do Mundo Fifa Brasil 2014. O Comitê Organizador estará representado pelo presidente Ricardo Teixeira, Joana Havelange, Rodrigo Paiva, Mário Rosa, Carlos Geraldo Langoni, Alexandre Silveira e Carlos de La Corte (consultor de Estádio).



Na chegada ao Aeroporto Internacional de Campo Grande, os inspetores serão recebidos por um representante da Infraero, que fará uma apresentação de até 20 minutos. A equipe técnica sobrevoará a cidade de helicóptero durante 30 minutos enquanto os demais participantes se deslocarão de carro para o Centro de Convenções de Campo Grande, onde as autoridades locais farão uma apresentação de 20 minutos com a síntese do projeto.



Os trunfos



Mato Grosso do Sul lançou recentemente a campanha Copa Pantanal 2014 e explora o fato de ter 65% do Pantanal dentro do seu território, destino turístico considerado pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade e Reserva da Biosfera.



E, confiando na aprovação do dossiê entregue à Fifa, o Estado já investe em infraestrutura de transporte para receber os torcedores. Em maio será inaugurado o Trem do Pantanal, que vai ligar a cidade de Campo Grande a Miranda, passando por Piraputanga e Aquidauana. Além disso, uma nova rodoviária, a apenas 2km do Estádio Pedro Pedrossian, também conhecido como “Morenão”, facilitará o acesso terrestre à cidade.



O estádio, outro trunfo da candidatura, está localizado dentro do campus da UFMS e distante apenas 800 metros do Hospital Universitário, que tem 221 leitos e é capaz de atender a qualquer eventual emergência. A adequação do Morenão às normas da Fifa consiste na reforma, ampliação e modernização através de Parceria Público Privada, de R$ 200 milhões, para se transformar em uma arena multiuso, com previsão de 43.613 mil lugares, todos sentados e cobertos.



O projeto da construtora Carioca Engenharia, em consórcio com a portuguesa Somague, que fez cinco estádios para a Eurocopa 2004, entre eles os dos times Porto e Benfica, ainda prevê a construção de um shopping. Seriam disponibilizadas 7.445 vagas (a Fifa solicita 7.200) para carros e 360 para ônibus (36 dentro do estádio), em um raio de 100m a 4.000m.



Outros destaques:



ü Campo Grande fica no centro geodésico das Américas e do Mercosul. Faz fronteira com Bolívia e Paraguai e divisa com Goiás, Paraná, São Paulo, Minas e Mato Grosso.

ü Estádio Morenão fica a apenas 8km do aeroporto, 5km do centro da cidade e 8km do centro hoteleiro.

ü Campo Grande conta com o trunfo de sua temperatura média ser três graus inferior a Cuiabá. Os jogos da Copa ocorrerão no início da tarde, por causa do fuso horário para Europa (transmissão dos jogos pela TV), ou até ao meio-dia, como ocorreu no México, em 1986.

ü Ausência de favelas em Campo Grande. Foram extintas nos últimos 12 anos através de construção de moradias populares dignas para a população carente.

ü A cidade foi projetada por Jaime Lerner nos anos 70, é bem organizada e não tem engarrafamentos.

ü Em 2014, 70% da cidade terá rede de esgoto e 90% de água. Hoje, a média de residências abastecidas com água e esgoto na capital sul-mato-grossense é de 50%.

ü Mato Grosso do Sul possui três aeroportos internacionais (Campo Grande, Corumbá e Ponta Porã) e, em março de 2009, ganhará mais um, o de Bonito.

ü Através de uma parceria Estado-Infraero cerca de R$ 250 milhões serão investidos na ampliação e modernização do aeroporto internacional de Campo Grande. A remodelação inclui ampliação do terminal de passageiros, aumento do número de vagas no estacionamento e transformação do sítio em aeroporto industrial, com capacidade para receber grandes aeronaves de carga. A pista terá a mesma capacidade de Viracopos, em Campinas, a maior do país. Para isso, o Estado está cedendo uma área de 1.200 hectares dentro do perímetro urbano.

ü A circulação viária terá uma melhoria substancial no ano de 2009. Nos Orçamentos Federal, Estadual e Municipal existem mais de R$ 800 milhões contratados e em fase de contratação para a modernização da cidade, incluindo o PAC da Mobilidade Urbana.

ü A nova rodoviária de Campo Grande está em construção e fica pronta no início de 2010. O prédio de 6.000 m2 de área construída tem um projeto arquitetônico arrojado (24 plataformas, 32 bilheterias e completa acessibilidade). O Terminal Rodoviário fica a apenas 2 km de distância do estádio Morenão, ligado através de uma ampla avenida de pista dupla.



Calendário de visitas da Fifa:



São Paulo – 30 de janeiro

Porto Alegre e Florianópolis – 31 de janeiro

Curitiba e Rio de Janeiro – 01 de fevereiro

Belo Horizonte e Brasília – 02 de fevereiro

Goiânia e Campo Grande – 03 de fevereiro

Cuiabá e Rio Branco – 04 de fevereiro

Manaus e Belém – 05 de fevereiro

Salvador, Recife e Natal – 06 de fevereiro

Fortaleza – 07 de fevereiro

SIGA-NOS NO Google News