Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 5 de Dezembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Auditores da Receita Federal iniciam greve em São Paulo

Flávia Albuquerque/ABr - 02 de maio de 2006 - 19:12

Os auditores-fiscais da Receita Federal em São Paulo iniciaram hoje (2) uma paralisação por tempo indeterminado que deve se estender por todo o país. Cerca de dois mil dos sete mil funcionários que compõem a categoria aderiram à greve, segundo o vice-presidente do Sindicato dos Auditores-Fiscais da Receita Federal em São Paulo (Unafisco-SP), Foch Simão Júnior. No estado, a categoria reúne 1,6 mil auditores-fiscais.

De acordo com o sindicalista, a indicação de greve foi decidida pela categoria em nível nacional, sem data para terminar, e fora das repartições, ou seja, sem o comparecimento aos escritórios. Os auditores reivindicam a implementação imediata de um plano de carreira da categoria, além da gratificação de risco extensiva a todos os ativos, aposentados e pensionistas e a fixação de data-base para revisão anual dos vencimentos.

Na avaliação de Simão Júnior, o um plano de carreira disciplinaria a profissão e estimularia a produtividade, ao contrário do que acontece atualmente. "Do jeito que está hoje permite-se a manipulação política, ou seja, uma pessoa pode assumir um cargo elevado sem nunca ter sido fiscal", disse.

Ele afirmou que a greve foi a "última alternativa" que restou aos servidores, já que o governo não atendeu às reivindicações, depois de cinco meses de tentativa. "Estamos tentando conversar desde dezembro de 2005 sobre as perdas salariais e a defasagem, mas não fomos ouvidos. O governo não quer conversar sobre nada, não quer nos ouvir", disse, acrescentando que a intenção dos auditores não é prejudicar a população, mas "chamar a atenção do governo".

SIGA-NOS NO Google News