Cassilândia, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

Últimas Notícias

12/08/2005 07:12

Volume de medicamentos genéricos vendidos cresce 21%

Arthur Braga - Agência Brasil

O volume de medicamentos genéricos vendidos entre janeiro e julho deste ano foi 21% que o do mesmo período do ano passado. Já o faturamento das empresas do setor . atingiu US$ 300,6 milhões, uma alta de 47% na comparação com mesmo período em 2004 (US$ 204 milhões). O levantamento foi realizado pelo IMS Health, instituto que audita o setor. De janeiro a junho de 2005, foram comercializados 70,6 milhões de unidades ante 58,5 milhões no mesmo período em 2004.

Para Vera Valente, diretora-executiva da Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (Pró Genéricos), o que vem motivando o crescimento do setor "é a confiança do consumidor no uso desse medicamento mais barato e com a mesma qualidade do medicamento de marca".

"O consumidor percebeu que pode economizar em torno de 50% até 70% na compra de um medicamento genérico", completou.

O medicamento genérico que contém o mesmo princípio ativo do medicamento de marca entrou no mercado brasileiro em fevereiro de 2000. E com base na análise mensal que compara a participação do segmento genérico no mercado total da indústria farmacêutica, em junho deste ano o setor fechou o mês com 11,5% do volume de unidades vendidas, percentual 21% maior na comparação com junho do ano passado com 9,5%. No item valor, os genéricos movimentaram 9,1% em junho, mostrando um crescimento percentual de 16% contra os 7,8% no mesmo mês de 2004. A substância Amoxicilina (antibiótico), é o genérico mais vendido entre as opções do segmento.

Vera Valente ressaltou que os grandes consumidores de genéricos são os portadores de doenças crônicas.Entre os medicamentos genéricos de uso contínuo, a substância Atenolol para o tratamento da hipertensão cresceu 40% no número de unidades vendidas nos últimos cinco anos. A substância Metformina, para o tratamento do diabetes, cresceu 66% no número de unidades vendidas, nos últimos cinco anos.

Vera Valente lembrou que de acordo com estudo feito pelo setor de genéricos, o consumidor brasileiro economizou cerca de R$ 2,7 bilhões nesses cinco anos, ao deixar de comprar medicamentos de marca.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 27 de Junho de 2017
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)