Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/05/2008 10:52

Venda de álcool segue em disparada e de gasolina cai

Fernanda Mathias - Campo Grande News

Enquanto as vendas de gasolina diminuíram 8% no primeiro trimestre deste ano em Mato Grosso do Sul, a comercialização de álcool hidratado cresceu 58% comparado aos três primeiros meses de 2007. A estatística da ANP (Agência Nacional de Petróleo) reforça o bom momento para o plantio da cana, cuja produção nesta safra deve aumentar, segundo a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).

Foram comercializados nos três primeiros meses deste ano 31.776 metros cúbicos de álcool hidratado contra 20.101 no primeiro trimestre do ano passado. O grande salto no consumo de álcool reflete o aumento na venda de automóveis zero quilômetro em 2007, quase que a totalidade já saindo flex de fábrica. Conforme dados do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), a frota que roda a gasolina e álcool em Mato Grosso do Sul é de 56.829 número 72% maior que os 33.006 em março do ano passado.

Mais álcool – A produção de álcool em Mato Grosso do Sul deve aumentar em até 52% nesta safra, de acordo com a Conab. No caso do álcool hidratado o incremento deve ser de até 17,5% e do anidro, que é o adicionado à gasolina, o crescimento pode chegar a 170%.

O diesel, acompanhando o bom momento do campo e a conseqüente alta nas vendas de camionetes e caminhões, também teve aumento de vendas, de 7,7%. O combustível é o mais expressivo em volume comercializado, somou este ano 243.740 metros cúbicos.

Guerra de preços – Já as vendas de gasolina somaram 72.661 metros cúbicos contra 78.887 de janeiro a março de 2007. Para recuperar as vendas os postos deflagraram uma verdadeira guerra de preços que gerou um clima de batalha entre os postos.

Na semana passada, por exemplo, a ANP (Agência Nacional de Petróleo) identificou preços desde R$ 2,44 o litro até R$ 2,79. Os preços pagos às distribuidoras também variam, vão de R$ 2,20 o litro a R$ 2,30. Os preços neste mercado são livres, ou seja, não são regulados pelo governo.

O Sinpetro chegou a manifestar que o consumidor tem de ficar atento a preços muito baixos e de levar em conta a qualidade do combustível. A orientação é que o consumidor abasteça sempre no mesmo estabelecimento para saber quem responsabilizar caso o combustível provoque algum problema no motor.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)