Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/04/2013 13:17

Unicef estima que 3 milhões de bebês morrem anualmente no mundo

Renata Giraldi*, Agência Brasil

Brasília – O número de bebês que morrem anualmente antes de completar o primeiro mês tem aumentado no mundo, apesar de uma redução no número global da mortalidade infantil. A estimativa é que ocorram todos os anos cerca de 3 milhões de mortes, principalmente na Ásia e África, segundo especialistas de 50 países, reunidos em Joanesburgo (África do Sul). O percentual de mortes de bebês subiu de 36%, em 1990, para 43%, em 2011, de acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Segundo a vice-presidenta da Unicef, Geeta Rao Gupta, cerca de 6,9 milhões de crianças morreram antes de completar 5 anos e 3 milhões, logo após o nascimento. A maioria das mortes dos recém-nascidos ocorre no Sudeste da Ásia e na África Subsaariana.

De acordo com especialistas, as principais causas de mortes neonatais são complicações ligadas a partos prematuros e durante o nascimento, assim como a ausência de cuidados adequados para as mães.

A mulher do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, Graça Machel, disse que pelo menos dois terços das mortes podem ser evitadas. Segundo ela, há medidas simples e baratas que podem salvar vidas. "[Infelizmente] O que ainda não mudou foi a nossa atitude, de agir com urgência, não como se nada fosse", disse Machel.

O diretor de Saúde Familiar da Fundação Bill e Melinda Gates, Gary Darmstadt, disse que, apesar do aumento dos níveis de conhecimento sobre a mortalidade neonatal, os recém-nascidos continuam a morrer. "O número de mortes de recém-nascidos aumentou nos últimos anos na África Subsaariana, apesar da redução da mortalidade infantil e materna", disse Darmstadt.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Edição: Andrea Quintiere

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)