Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/04/2004 14:43

União reduz em 46% recursos destinados ao FAT em MS

Dourados News

Pelo segundo ano consecutivo, o governo federal reduz, desta vez em 46%, os recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalho) destinados a Mato Grosso do Sul.

Segundo o diretor-presidente da Funtrab (Fundação de Trabalho de Mato Grosso do Sul), Ananias Costa, o Estado pleiteava R$ 1,5 milhão, mas a União só deve liberar, a partir da segunda quinzena de maio, R$ 800 mil.

Com o corte, a meta de trabalhadores a serem atendidos, com cursos de qualificação de mão de obra, também será drasticamente reduzida, revela Ananias, admitindo que pelo menos mil pessoas vão ficar de fora dos programas. Com a previsão inicial seriam atendidos 3 mil trabalhadores e a reserva anunciada só atinge de 1,6 mil a 2 mil no máximo.

No ano passado, Mato Grosso do Sul só recebeu, já no final do ano, R$ 575 mil dos R$ 3 milhões reivindicados.
Ananias diz que a procura por cursos de preparação da mão de obra é cada vez maior, principalmente por conta dos novos empreendimentos que estão se instalando no Estado. Mas, afirma o diretor da Funtrab, “é preciso dividir responsabilidades” e a iniciativa privada, que precisa de mão-de-obra, também deve promover a capacitação.

“As empresas se instalam com novas tecnologias e totalmente informatizadas. A qualificação precisa ser um processo constante”, diz.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)