Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/12/2008 16:10

UFMS segue recomendação do MPF e muda edital de concurso

Fernanda França - Campo Grande News

A UFMS (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul) alterou o regulamento do concurso público que visa contratar 117 professores para Corumbá, Campo Grande, Três Lagoas, Coxim, Aquidauana, Paranaíba, Chapadão do Sul e Nova Andradina. A mudança foi sugerida pelo MPF (Ministério Público Federal).

As principais medidas sugeridas foram a obrigatoriedade do direito de acesso dos candidatos ao caderno de provas, para que possam ser elaborados recursos contra o resultado e a determinação para que a folha definitiva de prova não contenha qualquer identificação do candidato perante a banca examinadora, como rubrica, assinatura, palavra ou caractere.

O MPF recomendou ainda que os editais de concursos posteriormente promovidos pela UFMS sigam as mesmas normas.

O concurso para contratação de professores na UFMS acontece no dia 4 ao dia 7 e do dia 11 ao dia 14. A prova é dividida em duas fases devido à quantidade de candidatos, distribuídos em 102 áreas de conhecimento.

TCU - A contratação de professores substitutos temporários pela UFMS foi considerada ilegal pelo TCU (Tribunal de Contas da União), que determinou a demissão dos docentes.

Pelo acórdão, a admissão temporária de professor substituto será feita exclusivamente para suprir a falta de docente de carreira, decorrente de exoneração ou demissão, falecimento, aposentadoria, afastamento para capacitação e afastamento ou licença de concessão obrigatória.

A decisão do TCU também se baseou no art. 5º da Lei 8.745/93, que considera ilegais os atos de admissão para contratação temporária que não sejam precedidos de autorização ministerial e de dotação orçamentária específica.

Outro aspecto legal apontado pelo TCU para determinar a demissão dos professores substitutos temporários foi a ausência de apresentação da declaração de bens e renda, que torna nulo o ato de admissão de servidor público, conforme art. 3º, c/c o art. 1º, inciso VII, da Lei 8.730/93.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)