Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/08/2007 05:40

TJMS obriga Estado a fornecer sonda e medicamentos

TJMS

Dentre os mais de 40 processos na pauta da 3ª Seção Cível, analisados na sessão desta segunda-feira (20), três estão ligados ao fornecimento de algum tipo de medicamento ou procedimento por parte do Estado.

Em um dos casos, o mandado de segurança nº 2007.011025-4, o Des. João Maria Lós pediu vista para analisar melhor seu posicionamento porque o impetrante é portador de um tumor maligno de rim e não tem condições de arcar com os custos dos remédios, no valor aproximado de US$ 7.500 por caixa, precisando o impetrante de seis caixas. Liminar foi concedida anteriormente. Os julgadores decidem agora o mérito.

Os outros são dois agravos regimentais em mandado de segurança. No primeiro, nº 2007.015680-3/0001-00, o Des. Julizar Barbosa Trindade, relator dos autos, lembrou que deferiu liminar anteriormente para determinar que o secretário estadual de Saúde forneça à impetrante uma sonda para gastrotomia e completou: “A parte é uma criança com paralisia total e precisa da sonda para se alimentar. O Estado agravou da decisão sem apresentar qualquer elemento que pudesse modificar meu entendimento, de forma que voto para se negar provimento”.

No segundo agravo, de nº 2007.019088-1/0001-00, o Des. Julizar também foi relator e manteve seu entendimento anterior: com uma liminar, o relator concedeu a segurança para que A.C.R. receba do Estado um medicamento necessário para sua melhora. “O cidadão está em uma situação crítica de saúde, com doença em estado avançado, e não houve modificação na situação que me fez conceder a liminar. Em vista disso, nego provimento ao recurso”.

Autoria do Texto:Secretaria de Comunicação Social

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)