Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

Últimas Notícias

18/07/2007 15:16

TJ recebe comunicado do STF sobre pensão de Zeca do PT

Marta Ferreira - Campo Grande News

O TJ (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) recebeu ontem do STF (Supremo Tribunal Feder), o comunicado oficial da decisão da ministra Ellen Gracie, que, na última quarta-feira, suspendeu a decisão da Corte estadual que garantia ao ex-governador Zeca do PT o pagamento da pensão vitalícia aprovada no fim do ano passado, nos últimos dias do mandato do petista.

O acompanhamento on line do processo mostra que o relator, Rubens Bossay, determinou ontem a intimação das partes da decisão, o que na prática significa que o governo, a partir do recebimento da intimação, poderá suspender o pagamento do benefício ao ex-governador. Zeca não deve receber a pensão referente a julho, a ser paga em agosto.
Ele recebeu pensões a partir de março, quando ganhou a decisão da justiça.
O despacho da ministra suspendeu a decisão do TJ em favor de Zeca, que determinava o pagamento da pensão até que o STF julgue uma outra ação em que a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) questiona a constitucionalidade da emenda recriando a pensão, benefício que havia sido extinto na década de 90.

Em atendimento ao recurso chamado Suspensão de Segurança, impetrado pelo Governo de Mato Grosso do Sul, a ministra acatou o argumento de que a manutenção da benésse vai contra a ordem pública.

No pedido de suspensão da decisão da esfera estadual, o governo sul-mato-grossense sustenta que o subsídio aos ex-governadores é uma verdadeira “pensão gratuita”, instituída sem definição prévia da fonte para seu custeio. A conta apresentada, com base no salário atual do governador, R$ 22,1 mil, é de que a manutenção do benefício tiraria dos confres estaduais R$ 265,3 mil por ano por ex-governador, sem considerar o o 13º salário.

A defesa de Zeca já informou que vai tentar um recurso contra a decisão do STF.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)