Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/05/2009 18:27

TJ/MS autoriza intervenção por servidores da saúde

Danúbia Burema, Campo Grande News

O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) autorizou o pedido de instauração do procedimento de intervenção federal no Estado, pelo descumprimento da lei 3.193/2006 que dispõe sobre o PCC (Plano de Cargo e Carreira) dos servidores da saúde estadual. O pedido foi acatado pelo desembargador Elpídio Helvêncio Chaves Martins.

De acordo com o Sintss/MS (Sindicato dos Trabalhadores de Seguridade Social de Mato Grosso do Sul), o pedido foi feito depois que o Estado descumpriu quatro intimações expedidas solicitando o cumprimento da lei.

A PGE (Procuradoria Geral do Estado) já havia tentado prorrogar o cumprimento da lei, interpondo recurso especial no STJ (Superior Tribunal de Justiça). Mas, o recurso foi negado pelo tribunal, que decidiu em favor dos trabalhadores.

O presidente do Sintss/MS, Júlio César das Neves, acusa o Estado de tentar utilizar manipulações contábeis e jurídicas para não implantar a lei sobre o plano de cargos e carreiras dos servidores da saúde.

Para o sindicato, MS tem todas as condições para melhorar o salário dos profissionais, pois possui nível de comprometimento com a folha de pagamento do funcionalismo abaixo do que determina a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal).

“O PCC para nós é a garantia de podermos trilhar uma carreira no serviço público e conquistar uma aposentadoria digna”, afirma o presidente da entidade.

Procurada para falar sobre o assunto, a assessoria do Governo informou que o Estado ainda não foi notificado sobre o assunto e só irá se manifestar depois de receber notificação oficial.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)