Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/07/2007 11:13

Tião Viana: crise no Senado é "muito grande"

Agência Senado

O 1º vice-presidente do Senado, Tião Viana, disse, nesta sexta-feira (29), que poderá haver, em breve, uma decisão da Mesa a respeito da posição do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar sobre a representação do PSOL contra o presidente do Senado, Renan Calheiros. Sem explicitar qual seria tal decisão, Tião Viana lembrou que o conselho não conseguiu votar o relatório que sugere o arquivamento da representação e também não assumiu uma posição diante dos novos problemas que surgiram.

- Todo o movimento dirigido ao conselho diz respeito mais a uma queixa-crime do que a uma quebra de decoro parlamentar, e eu aguardo o processo na Mesa caso ele volte para o devido posicionamento - afirmou, observando que é melhor o conselho ter, primeiro, um pronunciamento sobre a questão para, posteriormente, a Mesa assumir uma posição.

Para Tião Viana, todos constatam que a crise é "muito grande" no Senado e que Renan Calheiros luta com todas as suas forças para fazer sua defesa. Por outro lado, observou o 1º vice-presidente, os senadores convencidos da culpa do presidente do Senado apresentam suas denúncias e indignações.

- A pressão é muito grande em todo o Senado, principalmente por parte da imprensa e da sociedade brasileira, que querem o esclarecimento e a apuração do caso - afirmou o senador. As afirmações de Tião Viana foram dadas em entrevista a jornalistas.

Perguntado se a situação teria chegado ao ápice, Tião Viana respondeu:

- Não sei qual é o limite dessa crise, sei que é muito ampla e intensa e definir seu limite é precipitado.

Os jornalistas também quiseram saber a opinião do 1º vice-presidente sobre se a pressão já teria diminuído e sobre se o Senado já teria retomado a rotina de seus trabalhos se Renan tivesse deixado a Presidência. Tião Viana respondeu que a prerrogativa de se licenciar do cargo de presidente do Senado ou a renúncia é uma prerrogativa de Renan Calheiros, que diz respeito a ele.

O parlamentar esclareceu ainda que só o Supremo Tribunal Federal (STF), após solicitação do presidente do Conselho de Ética e do Ministério Público, é que poderá autorizar o processo investigativo sobre Renan.

Helena Daltro Pontual / Repórter da Agência Senado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)