Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/04/2006 11:12

Teste do pezinho pode detectar doenças mentais

Agência do Rádio

Neste mês de abril, o teste do pezinho completa 30 anos de existência no Brasil. Todas as mães devem ficar atentas e levar os recém-nascidos, já na primeira semana de vida, ao posto de saúde ou, até mesmo, realizar o teste na maternidade. O exame pode detectar sérios problemas futuros de saúde, inclusive, mentais. A consultora-técnica do Departamento de Média e Alta complexidade do Ministério da Saúde, Tânia Carvalho, destaca as principais doenças que podem ser evitadas.

"Algumas dessas doenças levam à deficiência mental, logo no primeiro mês de vida. Então, por exemplo, as doenças da fase um, que é a fenilcetonúria e o hopotireoidismo congênito, essas duas doenças, se elas não são tratadas precocemente, a criança vai ficar com lesão no cérebro irreversível, ela vai ficar com deficiência mental. A fenilcetonúria é uma doença do metabolismo das proteínas, então a criança tem que fazer uma dieta alimentar a vida inteira para evitar essa lesão no cérebro. No caso do hipotireoidismo congênito você pode ter criança já com lesão no primeiro mês de vida. Então é muito importante que o exame seja feito logo, que a coleta seja feita logo, que se inicie o tratamento adequado o mais rápido possível."

O exame do pezinho é obrigatório por lei, mas ainda existem mães que ficam receosas de levar os filhos, por causa da pequena picada no pé. Mas o gesto pode evitar grandes preocupações no futuro.

De Brasília, Kelly Beltrão

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)