Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/10/2014 09:03

Suspeito de espancar namorada vai a primeira audiência de julgamento

G1

A 1ª Vara da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, em Campo Grande (MS), realizou nesta quinta-feira (2), a 1ª audiência de julgamento de Matheus Georges Zadra Tannous, de 20 anos, acusado de espancar a ex-namorada Giovanna Nantes, também de 20 anos. O crime ocorreu no réveillon deste ano. O réu chegou ao Fórum acompanhado de dois advogados. Além dele, uma testemunha de acusação e oito de defesa foram ouvidas.

No dia 7 de janeiro, ele prestou depoimento à Polícia Civil por cerca de três horas. Advogado do jovem, Armando Suarez Garcia reafirmou que as lesões na garota foram consequências de acidente. De acordo com a delegada responsável pela investigação, Rosely Molina, Matheus Tannous disse que a namorada caiu no apartamento onde eles estavam sozinhos, porém não detalhou o que aconteceu. "Ele alega que nada passou de um acidente. Ele não deu detalhes", fala.
O casal passou o réveillon na casa da mãe do autor. Na madrugada, a jovem foi levada inconsciente para a Santa Casa. Ela teve fraturas no rosto e passou por cirurgia no maxilar.

No início das investigações, Rosely Molina, e o pai da vítima Luiz Carlos de Oliveira, afirmaram ao G1 que a suspeita é de que a jovem foi agredida pelo namorado. Oliveira relatou que a família desconfiou da agressão após ver a filha internada. "Fiquei horrorizado, ela estava com uma fratura no rosto, com duas partes do maxilar quebrado, com o olho roxo, com hematomas nas orelhas, no pescoço e até nos braços".

Como o processo corre em Segredo de Justiça, a sentença só deve sair depois que a jovem for ouvida, no dia 30 de outubro. Assim que a vítima finalizou o tratamento médico, ela se mudou para o Paraná. Portanto ela e outra testemunha de acusação serão ouvidas por carta precatória.

A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) concluiu que Matheus deu pisões e cadeiradas no rosto da jovem. O rapaz chegou a ser preso no dia 22 de janeiro, mas foi solto cinco dias depois por causa de um Habeas Corpus. No dia 20 de março de 2014 o Ministério Público Estadual (MPE/MS) ofereceu denúncia contra a jovem por lesão corporal grave e violência doméstica. O pedido foi aceito pela Justiça.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)