Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/06/2007 06:29

STF concede habeas a septuagenário por prescrição

STF

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu hoje (26) Habeas Corpus (HC 89969) a Salomão Akel, condenado por falsidade ideológica e crimes contra a ordem tributária. A maioria dos ministros entendeu que os crimes prescreveram porque, na data da sentença condenatória, Akel tinha mais que 70 anos. O benefício está previsto no artigo 115 do Código Penal.

A discussão dos ministros girou em torno de saber qual sentença condenatória deve ser considerada como marco para estabelecer o direito ao benefício, que reduz pela metade o prazo de prescrição dos crimes. O ministro Marco Aurélio considera como baliza a sentença condenatória transitada em julgada, quando não cabe mais recurso da defesa.

Os ministros Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia Antunes Rocha e Sepúlveda Pertence analisaram o caso concreto para fixar o marco. Para eles, Akel obteve o direito ao benefício porque completou 70 anos cerca de três meses antes da data da publicação do resultado do julgamento de embargos de declaração interpostos pela defesa contra a decisão de segunda instância que confirmou a condenação.

Para os ministros, a publicação da decisão dos embargos foi, nesse caso, essencial, já que eles esclareceram a sentença condenatória. “Sentença aqui tem o sentido de uma decisão que corresponda a um título judicial que tenha como conteúdo a condenação afirmada. Ora, na medida em que os embargos vão esclarecer qual é este conteúdo, eu não tenho realmente esse título definitivo”, resumiu a ministra Cármen Lúcia.

O ministro Carlos Ayres Britto considerou como marco a sentença condenatória de primeira instância, que para ele somente foi confirmada em segunda instância, por ocasião do julgamento da apelação da defesa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)