Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/03/2008 15:12

Setor de cervejas é o grande alvo do governo

A ofensiva do governo para diminuir o consumo de bebidas alcoólicas atinge principalmente o segmento de cervejas, que movimenta R$ 20 bilhões por ano. A cifra gasta por este setor com publicidade ultrapassa a marca dos R$ 900 milhões - sendo que a maior parte é aplicada na televisão. Em todo o país, são 22 milhões de consumidores da bebida. Para o Ministério da Saúde, no entanto, as atenções têm que estar voltadas para a influência do álcool nas mortes nas estradas e seus prejuízos para os cofres públicos.

Os números de uma pesquisa do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) mostram que as mortes nas ruas e estradas decorrentes de álcool causam um prejuízo de mais de R$ 20 milhões por ano, levando em consideração despesas com seguro e a renda que a pessoas envolvidas no acidente deixarão de gerar, além do gasto do governo com tratamento médico. O consumo de álcool, sustenta o ministério, é o principal problema de saúde pública.

Os gastos do SUS com tratamento de dependentes de álcool em unidades extra-hospitalares chegaram a R$ 62 milhões nos últimos seis anos. No mesmo período, o governo gastou aproximadamente R$ 19,7 milhões em procedimentos hospitalares de internações relacionadas ao uso de álcool. Segundo o ministério, morrem anualmente no país 17,5 mil pessoas decorrentes de acidentes de trânsito associados ao consumo de bebidas alcoólicas por motoristas e pedestres.

Outro estudo do governo indica que pelo menos 150 mil brasileiros costumam dirigir após ingerir de quatro a cinco doses de bebida alcoólica. "Por isso é que insisto que a medida é a fiscalização, a repressão do motorista, não dos comerciantes e do cidadão comum que não está no comando de um veículo e acaba privado de tomar sua cerveja", reforça o deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP).



Jorge Franco com informações da assessoria

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)