Cassilândia, Sábado, 26 de Maio de 2018

Últimas Notícias

24/03/2008 15:12

Setor de cervejas é o grande alvo do governo

A ofensiva do governo para diminuir o consumo de bebidas alcoólicas atinge principalmente o segmento de cervejas, que movimenta R$ 20 bilhões por ano. A cifra gasta por este setor com publicidade ultrapassa a marca dos R$ 900 milhões - sendo que a maior parte é aplicada na televisão. Em todo o país, são 22 milhões de consumidores da bebida. Para o Ministério da Saúde, no entanto, as atenções têm que estar voltadas para a influência do álcool nas mortes nas estradas e seus prejuízos para os cofres públicos.

Os números de uma pesquisa do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) mostram que as mortes nas ruas e estradas decorrentes de álcool causam um prejuízo de mais de R$ 20 milhões por ano, levando em consideração despesas com seguro e a renda que a pessoas envolvidas no acidente deixarão de gerar, além do gasto do governo com tratamento médico. O consumo de álcool, sustenta o ministério, é o principal problema de saúde pública.

Os gastos do SUS com tratamento de dependentes de álcool em unidades extra-hospitalares chegaram a R$ 62 milhões nos últimos seis anos. No mesmo período, o governo gastou aproximadamente R$ 19,7 milhões em procedimentos hospitalares de internações relacionadas ao uso de álcool. Segundo o ministério, morrem anualmente no país 17,5 mil pessoas decorrentes de acidentes de trânsito associados ao consumo de bebidas alcoólicas por motoristas e pedestres.

Outro estudo do governo indica que pelo menos 150 mil brasileiros costumam dirigir após ingerir de quatro a cinco doses de bebida alcoólica. "Por isso é que insisto que a medida é a fiscalização, a repressão do motorista, não dos comerciantes e do cidadão comum que não está no comando de um veículo e acaba privado de tomar sua cerveja", reforça o deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP).



Jorge Franco com informações da assessoria

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 26 de Maio de 2018
Sexta, 25 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Quinta, 24 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)