Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/11/2005 06:40

Sérgio Assis lamenta morte e critica ministra

Janaina Gaspar

Afirmando estar indignado e triste com o falecimento do ambientalista e presidente da Fundação para a Conservação da Natureza de Mato Grosso do Sul (Funconams), Francisco Ancelmo de Barros, o deputado estadual Sérgio Assis (PSB) ocupou a tribuna na sessão desta quarta-feira da Assembléia Legislativa para lamentar o suicídio do ambientalista e criticar a visita da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva que esteve na Capital nesta terça-feira.

“Avalio como lamentável a vinda da ministra que disse ter vindo para a Campo Grande para externar pesar aos familiares do Francelmo. Foi preciso uma tragédia como esta para a ministra vir ao Estado, na prática ela nunca fez nada de concreto para o Mato Grosso do Sul. Em agosto deste ano ela acabou com o sonho da população sul-mato-grossense de desenvolvimento sustentável ao suspender o Programa Pantanal. Com uma simples assinatura, frustrou a expectativa de todos, inclusive dos ambientalistas. Francelmo deu sua vida pela preservação do meio ambiente e não apenas pelo projeto de lei sobre as usinas de álcool, em suas cartas de despedida ele destacou sua revolta e decepção com as políticas ambientais desenvolvidas pelo atual governo, chegando a citar a transposição do Rio São Francisco, a devastação da Floresta Amazônica, entre outros gravíssimos problemas ambientais”, disse o parlamentar durante seu discurso, acrescentando que é preciso passar da fase de estudos para a prática.

Assis também afirmou que apesar de defender a viabilidade da industrialização da Região Norte do Estado, entende a atitude desesperada de Francelmo como um alerta para o Brasil e para o mundo sobre a preservação da natureza.

“Creio que o país não esquecerá deste ato de revolta e desespero. Precisamos cuidar do nosso patrimônio ambiental, porque a natureza não perdoa os abusos contra ela. Mas também quero lembrar que a população da Região Norte está tão desesperada quanto ele. Várias famílias estão convivendo com a fome por falta de empregos, só espero que não ocorram mais mortes pela falta de definições dos governantes”, destacou Sérgio Assis.

Os deputados Waldir Neves (PSDB), Loester Nunes (PDT) e Zé (PFL) apartearam Assis concordando com seu ponto de vista. Já os deputados petistas Pedro Kemp, Pedro Teruel e Semy Ferraz defenderam veementemente a ministra Marina Silva.

“Em minha opinião a ministra só merece vaias do nosso Estado porque ela não fez nada em nossa defesa”, finalizou Loester.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)