Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/04/2009 10:05

Sequestradores libertam dono da Todimo, em Cuiabá

Jonas Jozino, 24horasnews

Acabou o seqüestro do empresário Antônio Pascoal Bortolloto, dono da Casa de Materiais de Construção Todimo. Ele foi encontrado nas primeiras horas desta sexta-feira na região central de Várzea Grande depois que a família pagou o resgate solicitado pelos seqüestradores. Fontes da família disseram que a libertação ocorreu após pagamento de resgate, porém, não revelaram o valor. A Polícia foi mantida às margens das negociações.

Toninho da Todimo, como é mais conhecido, foi seqüestrado dia 1º de abril, à noite, quando saia de sua residência para comemorar seu aniversário de 64 anos. Foram 17 dias de seqüestro e muita preocupação da família, que não permitiu que a Gerência de Repressão a Sequestro e Investigações Especiais da Polícia Civil de Mato Grosso acompanhasse o caso, com medo de represálias dos seqüestradores. Nem a família e muito menos da Polícia Civil informaram o valor que foi pago. As primeiras informações eram de que os seqüestradores haviam pedido um resgate de R$ 5 milhões.

Segundo as primeiras informações da Polícia Civil, o empresário já está em casa com seus familiares. Ele já foi ouvido nesta manhã pelo delegado Luciano Inácio da Silva, coordenador da Gerência de Repressão a Seqüestro e Investigações Especiais da Polícia Civil, que determinou que a Polícia Civil entre no caso na caçada aos sequestradores.

O sequestro do empresário do ramo de material de construção de Cuiabá, Antônio Pascoal Bortoloto, 64, dono da Todimo, durou 17 dias e é o segundo crime desse tipo mais longo da história de Mato Grosso, Perdendo apenas para o seqüestro do empresário Jair Ruvieri, um dos sócios do supermercado Big Lar, em 2002. Jair foi libertado do cativeiro após passar 92 dias nas mãos dos seqüestradores.

Uma fonte ligada à família confirmou que o resgate foi pago como exigiram os seqüestradores. Só não quis informar o valor pago. (Colaboraram Carlos Lemos, Rubens de Souza e Valdemir Roberto)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)