Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/06/2004 15:56

Senadores temem que Ministério Público perca poder

Antônio Arrais / ABr

Os senadores Pedro Simon (PMDB-RS) e Antero Paes de Barros (PSDB-MT) ocuparam a tribuna do Senado para defender a necessidade de votar com rapidez projeto que assegure ao Ministério Público “a continuidade de sua função de investigação”. Os senadores ficaram preocupados com declaração do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Nelson Jobim, de que o poder de investigação, nos inquéritos, cabe à polícia e não aos membros do Ministério Público. Outra preocupação é com o fato de que o STF deve julgar, em breve, uma ação direta de inconstitucionalidade sobre o assunto, com tendência de seguir a posição já externada por Jobim.

O senador Pedro Simon disse que “toda disposição para investigar enfrenta essa ameaça, que pode levar à desconfiguração do Ministério Público”. Ele disse que, além da “Lei da Mordaça”, a nova ameaça ao papel de promotores e procuradores está na possível decisão do STF contra o Ministério Público e cujas conseqüências “serão negativas para a sociedade”.

Já o senador Antero Paes de Barros chamou a atenção para exemplos como as investigações do Ministério Público Federal em São Paulo, que levaram à descoberta das irregularidades e desvios de verbas na construção do prédio do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo e à prisão do juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto, além de investigações que resultaram “no desmonte do crime organizado no Espírito Santo e em Mato Grosso”.

Paes de Barros defendeu a necessidade de mobilização política do Congresso Nacional para reagir à possibilidade de retirar do Minsitério Público sua função investigativa, e denunciou manobras do Executivo junto ao Judiciário neste sentido.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)