Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

20/02/2008 08:21

Senador Jonas Pinheiro morre em Cuiabá

Edilson Almeida/24horasnews
Agência SenadoAgência Senado

Um dos políticos de maior longevidade eleitoral de Mato Grosso já não está mais entre nós. No final da noite desta terça-feira, dia 19 de fevereiro, Jonas Pinheiro da Silva, 67 anos, faleceu. A morte do senador já era esperada há alguns dias. Ele deu entrada no Hospital Amecor na madrugada do dia 11, após sofrer uma parada cardíaca no domingo à noite. De lá para cá, sempre em coma profundo, o quadro apenas se agravou. Na sexta-feira, dia 15, deixou de responder aos estímulos do pescoço para baixo. Na segunda-feira, teve morte cerebral. No último boletim médico os efeitos já eram derradeiros: Jonas já enfrentava problemas cardiorespiratórios, apesar dos aparelhos ligados.

O Estado perde um dos seus políticos mais ilustres, um dos grandes líderes do meio rural brasileiro. Jonas Pinheiro da Silva é natural de Santo Antônio do Leverger. Ele nasceu no dia 22 de janeiro de 1941. Ocupava atualmente o cargo de senador pelos Democratas, o DEM, antigo PFL, partido que ajudou a fundar em Mato Grosso. Havia sido reeleito em 2002 para um mandato que duraria até 2010. Já estava com o seu nome lançado para novamente disputar o cargo, junto com o colega e correligionário de longa data, Jaime Campos.

Formado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Jonas Pinheiro começou sua vida política em 1982, quando se elegeu pela primeira vez deputado federal. Antes, porém, já militava na Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido do Governo. Era funcionário da extinta Empresa Mato-grossense de Extensão Rural (Emater). Foi reeleito em 1986 e 1990. Em 1994, elegeu-se ela primeira vez para o Senado também pelo estado do Mato Grosso. Toda a trajetória política do senador morto se baseou, a rigor, em ações relacionadas ao agronegócio. Na semana passada, diante de seu estado grave, senadores manifestaram solidariedade ao senador e sua família.

Jonas Pinheiro sempre teve seu nome sondado para os mais altos cargos no Estado.Várias vezes se postou como candidato ao Governo. Inclusive na última eleição, quando se elegeu senador. No período anterior, ameaçou romper com o amigo Blairo Maggi para tentar alavancar posições para seu grupamento partidário. Chegou a ser também cotado para ser ministro da Agricultura. Seu ápice político aconteceu antes, em 1998, quando sua esposa, Celcita Pinheiro, elegeu-se deputada federal.

Jonas Pinheiro teve nove irmãos 2 dele morreram teve 2 filhos e 3 netos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)