Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/06/2009 16:52

Sarney envia a senadores explicações sobre seu neto

Marcos Chagas, Agência Brasil

Brasília - O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), enviou carta aos 80 senadores para explicar a participação de seu neto José Adriano Cordeiro Sarney na intermediação de crédito consignado a servidores da instituição no HSBC. Sarney anexou à carta ofício encaminhado no dia 26 ao ministro da Justiça, Tarso Genro, pedindo que a Polícia Federal investigue todos os empréstimos intermediados pela empresa Sarcris, da qual José Adriano era sócio, bem como os das demais operadoras que atuam no Senado.

Na carta aos parlamentares, o presidente do Senado informou que a autorização da administração do Senado ao HSBC para que explorasse a concessão de empréstimos consignados foi dada em maio de 2005. Sarney lembrou que, naquele ano, não ocupava nenhum cargo na instituição.

“A empresa da qual é sócio José Adriano Sarney, a Sarcris, começou a operar em 11 de dezembro de 2007, portanto, dois anos depois da autorização”, acrescenta o presidente do Senado na nota encaminhada aos colegas. Nas explicações, Sarney ressalta que, em fevereiro, quando assumiu a Presidência do Senado, a empresa do neto já não operava na Casa.

O senador anexou à carta enviada aos senadores as explicações encaminhadas por José Adriano ao jornal O Estado de S. Paulo, que publicou a matéria sobre a atuação da Sarcris no Senado. Os parlamentares receberam também a nota divulgada pelo HSBC e o ofício que Sarney enviou ao ministro da Justiça.

O HSBC informou, nessa nota, que a Sarcris foi cadastrada em 9 de maio de 2007 e registrada para operar no Senado em nome do banco em 11 de setembro do mesmo ano. “Entre o final de 2008 e fevereiro de 2009, o HSBC desativou todas as parcerias com aqueles seis correspondentes, inclusive a Sarcris”, informou o banco.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)