Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/05/2004 16:29

Sarney apóia decisão de cancelar visto de jornalista

Marcos Chagas/ABr

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmou hoje que a reação do governo de cancelar o visto do correspondente do jornal americano New York Times no Brasil, Larry Rohter, não poderia ser diferente diante da reportagem veiculada no último sábado pelo jornal sobre uma "preocupação nacional" com o consumo de bebida alcoólica pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Eu acho que não podia ser outra. Uma matéria muito preconceituosa, inverídica e que fere a imagem do Brasil. Então, o país tem que reagir", defendeu.

Ainda segundo o presidente do Senado, esta reação foi na mesma intensidade dos prejuízos causados pela reportagem à imagem do país e do presidente Lula. "O New York Time é um jornal que tem uma responsabilidade muito grande, uma visibilidade e leitura mundial e, portanto, uma coisa desse tipo atinge a imagem do país", ressaltou.

Perguntado se a atitude do governo brasileiro não abre um precedente grave na democracia, o senador José Sarney lembrou que os americanos, algumas vezes, já fizeram a mesma coisa em relação a pessoas que eles consideram não ser do interesse do país. Sarney acrescentou que as pessoas "governam diante de circunstâncias e o presidente deve ter tomado esta medida com base nas circunstâncias, pesando todos os aspectos".

O ex-presidente e embaixador do Brasil em Roma, Itamar Franco, também saiu em defesa da decisão do governo de expulsar Larry Rohter do Brasil. "Não se pode admitir que com uma reportagem inverídica, o jornalista desonre a imagem do presidente ou do país", disse.

Itamar Franco negou que a atitude do governo Lula vá prejudicar a imagem do Brasil no exterior. "Prejudicaria se ele (Lula) não tivesse feito nada porque a repercussão internacional foi muito grande".

Já a oposição reagiu negativamente a decisão do governo. O líder do PFL no Senado, José Agripino Maia (RN), disse que houve excesso por parte da reportagem de Rohter. No entanto, destacou que "a forma de coibir eventuais excessos de liberdade de imprensa não é a truculência. Eu acho que com isso aí o jogo fica empatado e quem age com a truculência no empate ainda fica em desvantagem".

O senador Antero Paes de Barros (PSDB-MT) apresentou requerimento à Mesa Diretora para que o ministro da Justiça, Márcio Thomáz Bastos, seja convocado ao Senado para prestar esclarecimento sobre a suspensão do visto temporário do jornalista americano

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)