Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/02/2015 15:18

Regionalização da saúde e reestruturação são as prioridades, diz Reinaldo

Noticias MS

Concentrar-se na regionalização da saúde e reestruturar os atendimentos nos municípios do interior é um dos objetivos da gestão do governador Reinaldo Azambuja. Na manhã desta segunda-feira (2), durante a solenidade de abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, o governador reforçou as suas metas para a saúde de Mato Grosso do Sul.
“O Estado não vai se omitir do seu papel de coordenar o sistema de saúde. A sua reestruturação dará dignidade às pessoas, que poderão ser atendidas no seu município no seu município ou na sua região, evitando a necessidade de grandes deslocamentos, afogando principalmente Campo Grande. Para otimizar a infraestrutura de atendimento e aumentar a capacidade de acolhimento das pessoas, tomaremos decisões simples e objetivas. Vamos adequar e equipar hospitais que já existem no interior e reabrir os que se encontram fechados”, disse o governador.
Reinaldo também lembrou a dificuldade enfrentada pela população sul mato-grossense em busca de atendimento devido à grande fila para a realização de consultas e exames. Para diminuir esta condição, o Governo do Estado desenvolveu o projeto Caravana da Saúde, com início previsto para março deste ano. Objetivo do projeto é levar atendimentos específicos em saúde às 11 microrregiões de Mato Grosso do Sul, reestruturando o sistema de saúde e reduzindo as filas de atendimento.
Segundo o governador, a Secretaria de Estado de Saúde vem visitando os municípios fazendo o levantamento sobre a carência de atendimentos, para que seja disponibilizado de imediato à população.
“Assumimos o compromisso de realizar os mutirões de saúde em todas as regiões. Em breve, levaremos atendimento médico ás pessoas que estão há anos na fila para fazer consultas, realizar exames ou que por alguma razão, não tem acesso aos serviços médicos de que necessitam”, destacou o governador.
Além da reestruturação da saúde nos municípios do interior, Reinaldo também falou sobre a conclusão de obras no Hospital Regional e Hospital do Câncer em Campo Grande e também do Hospital do Trauma.
“Em Campo Grande, nós faremos as reformas necessárias no Hospital Regional, reativaremos setores que estão interditados, adquirir equipamentos e contratar profissionais. Além disso, ressalto que, para viabilizar a conclusão das obras do Hospital do Trauma, já iniciamos entendimento com o Ministério da Saúde e também, concentraremos esforços para o término da construção do Hospital do Câncer, em Campo Grande”, disse o governador.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)