Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

19/06/2004 09:46

Rebelo começa articular o minímo de 260 reais

Agência Câmara

As articulações para a nova votação da Medida Provisória do salário mínimo na Câmara dos Deputados já foram retomadas.

Na tarde de hoje, o ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo, se reuniu com o presidente da Câmara, deputado João Paulo Cunha (PT-SP), para tratar da nova votação.

A MP já está trancando a pauta.

Ao deixar a reunião, o ministro Aldo Rebelo disse que os deputados devem aprovar a MP original, que fixou o salário mínimo em R$ 260. “A Câmara vai simplesmente votar mais uma vez aquilo que já tinha aprovado. Não haveria motivo da nossa base mudar de posição e de voto”, disse o ministro.

Ele afirmou que o governo tem a mais absoluta confiança na posição e nas informações que os líderes da base dão, que são no sentido de que os R$ 260 serão novamente aprovados pelos deputados.

Na primeira votação na Câmara, a MP foi aprovada com uma diferença de 99 votos.

De acordo com o ministro, a Câmara nunca faltou ao governo nos momentos de necessidades, "e não faltará agora".

Questionado sobre a possibilidade de vetos na MP, caso os deputados mantenham o texto do Senado, o ministro garantiu que não existe essa possibilidade. “Tenho certeza da vitória na votação da Câmara.

Confiamos na base, que repetirá a votação”, reafirmou. Aldo Rebelo informou que não discutiu com o deputado João Paulo a data em que será coloca a MP em votação. “Ele vai escolher a data mais adequada e a que escolher será a que a base estará preparada para aprovar a MP”, disse.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)