Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/08/2006 14:18

Reajuste de 5% para aposentados continua sem definição

Edson Sibila / Campo Grande News

O mecanismo para garantir o aumento de 5% para os aposentados segue sem definição. A união ainda não sabe o que fazer para conceder o benefício e a medida provisória que reajusta o salário daqueles que ganham mais de um mínimo deixa de vigorar hoje.

Segundo divulgou a Folha On Line, o ministro Interino da Previdência, Carlos Eduardo Gabas, disse hoje (10) que não sabe ainda qual mecanismo jurídico a Casa Civil vai adotar e tentou tranqüilizar as centrais sindicais e aposentados ao reafirmar que o acordo firmado em abril será cumprido.

Para o ministro, duas alternativas estão sendo avaliadas. Uma é um decreto garantindo o reajuste mínimo que os aposentados têm direito por lei, que é o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que é de 3,14% e uma medida provisória com a diferença para se chegar aos 5%.

A outra alternativa estudada é uma edição de uma nova MP com o reajuste prometido pelo governo, mas com alguma alteração no texto. Neste caso, o índice poderia ser um pouco diferente da medida original.

A MP 291 deixa de vigorar hoje e não foi votado na Câmara dos Deputados por conta da disputa entre governo e oposição, que tentou incluir no texto um emenda que reajustava os benefícios em 16,67%, índice em que foi reajustado o salário mínimo.

Gabas afirmou que essa é uma medida irresponsável da oposição, já que acarretaria em um gasto extra de R$ 7 bilhões no Orçamento deste ano é de R$ 10 bilhões no ano que vem

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)