Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/10/2006 19:32

Queda do boeing: não há previsão de término das buscas

Queda do boeing: não há previsão de término das buscas
05 de outubro de 2006 - 17h45

Uma semana após o Boeing 737-800 da Gol cair no Nortão, não há previsão de conclusão dos trabalhos de buscas entres as aldeias Kapoto e Metrutkire, há 220 km de Peixoto de Azevedo. Cinquenta e oito corpos já foram resgatados: 2 no domingo, 16 na segunda-feira, na terça-feira não houve resgate e 40 foram localizados e levados para a Fazenda Jarinã na quarta-feira.

O último traslado para Brasília foi hoje à tarde. Um Búfalo da FAB - Força Aérea Brasileira levou 20 corpos com as respectivas fichas contendo os dados levantados pelos legistas do Instituto DNA de Brasília. O Tenente-coronel Feijó, do setor de Comunicação da FAB confirmou ao Só Notícias que ainda não há previsão para conclusão das buscas. No final da tarde dessa quinta-feira, um helicóptero trouxe mais corpos. A quantidade não foi confirmada. Primeiro os legistas vão separá-los para confirmar o número exato de despojos.

O médico legista Aluisio Trindade Filho, do Instituto DNA, explicou ao Só Notícias que o trabalho de coleta de material biológico para DNA e impressões digitais que está sendo feitos na fazenda são fundamentais para identificar as vítimas. "Se esse trabalho não fosse feito agora, iria demorar muito ainda a identificação das vítimas. Esse trabalho que estamos fazendo aqui na fazenda facilita a identificação no IML", afirmou.

A equipe é composta por 5 legistas, um perito e um papiloscopista de Brasília e um perito criminal de Mato Grosso. "Vamos trabalhar até resgatar o último corpo" garantiu. Só Notícias verificou que cerca de 100 militares trabalham nas buscas, com apoio de militares do Corpo de Bombeiros de Sinop e de outras cidades, bem como da Defesa Civil.

A estrutura da Fazenda Jarinã tem sido fundamental para A FAB fazer os trabalhos de buscas. A pista de pouso da fazenda é usada por aviões de grande e médio porte da FAB, bem como pelos helicópteros que transportam material para a equipe de resgate. Se não fosse essa disponibilidade da fazenda, as aeronaves teriam que se deslocar até base aérea da Serra do Cachimbo, que fica há 280 km.

Fonte: Só Notícias/Marcos Azevedo enviado especial à Fazenda Jarinã

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)