Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/03/2005 14:58

Projeto prevê medidas contra acidentes em piscinas

Agência Câmara

A prevenção de acidentes em piscinas, especialmente aqueles decorrentes de saltos e quedas, é o principal objetivo do Projeto de Lei 4777/05, apresentado à Câmara pelo deputado Dr. Rodolfo Pereira (PDT-RR). A proposta estabelece uma série de medidas de proteção que devem ser tomadas por usuários e proprietários desses espaços de lazer e prática de esporte.
Além de definir as regras para sinalização dos equipamentos e piscinas, o projeto estabelece as penalidades para os infratores.

Acidentes
Principal motivo das lesões na medula cervical, os acidentes por mergulho podem causar afogamentos, tetraplegia (paralisia total de braços e pernas) e até a morte. Esse tipo de acidente é responsável por 4,1% das internações por causas externas, segundo pesquisa da Rede Sarah de Hospitais, e atinge principalmente homens com idade entre 15 e 24 anos.
De acordo com o deputado, o perfil das vítimas - homens em plena idade produtiva - configura o acidente por mergulho como um problema de saúde pública, cabendo ao Estado enfrentá-lo conforme determina a Constituição Federal. "Trata-se de um tipo de acidente que provoca danos irreparáveis a suas vítimas, que muitas vezes perdem o controle muscular a partir da região cervical", justifica o deputado.

Sinalização
O projeto regulamenta o acesso de usuários a piscinas coletivas, que são as localizadas em estabelecimentos como clubes, e públicas, destinadas ao público em geral. As privativas - aquelas destinadas ao uso familiar - estão excluídas das regras previstas no texto.
Entre as medidas preventivas dos acidentes, está a correta sinalização dos espaços. De acordo com a proposta, os tanques deverão ter, a cada cinco metros, a indicação da profundidade nas bordas e nas paredes. Em caso de alteração da profundidade, sinais de alerta devem ser incluídos. Se a profundidade for inferior a dois metros, é preciso haver sinalização, em lugar visível e tamanho legível, proibindo o mergulho de ponta. O acesso ao tanque sob efeito de álcool ou drogas também é proibido e deve ser sinalizado.
O projeto estabelece ainda a sinalização dos riscos a que estão submetidos os infratores: fratura cervical, lesão medular, tetraplegia, morte por afogamento e anoxia, isto é, baixo teor de oxigênio no corpo. As medidas de prevenção contra acidentes devem estar sinalizadas em local visível, acessíveis a pessoas não-alfabetizadas.
No caso de infrações, as penalidades previstas são: advertência, multa, suspensão das atividades e cassação da autorização para funcionamento.

Medidas de segurança
Outras regras que devem ser obedecidas pelos usuários de piscinas coletivas ou públicas são as seguintes:
- não correr ou empurrar pessoas na área circundante ao tanque;
- não utilizar o tanque sem treinamento mínimo em natação ou natação instrumental;
- não saltar, realizar acrobacia ou mergulhar de ponta a partir da borda e dos equipamentos sem domínio técnico do salto em água; e
- em caso de acidente, chamar imediatamente por socorro especializado e evitar mover a cabeça ou o pescoço da vítima.

Tramitação
O projeto será encaminhado para análise das comissões técnicas da Câmara.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)