Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/07/2004 14:22

Projeto classifica deficiências em categorias

Agência Câmara

A Comissão de Seguridade Social e Família está analisando uma proposição (PL 3557/04) que pretende atualizar a Política Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência e o Programa Nacional de Direitos Humanos, que foram elaborados em 1989. O projeto, de autoria do deputado Dimas Ramalho (PPS-SP), define categoria para classificar as diversas deficiências.
Em 2001, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou a Classificação Internacional de Funcionalidade (CIF) que, a exemplo Código Internacional de Doenças (CID), classifica a funcionalidade e a incapacidade associadas ao estado de saúde. "O CID registra patologias, mas não informa que complicações e limitações são decorrentes dessa doença", explica o deputado. Na opinião de Ramalho, a CIF é um marco conceitual aplicável aos cuidados de saúde individuais, incluindo a prevenção e a promoção da saúde. "O impacto de múltiplos fatores sobre a saúde das pessoas resulta num perfil epidemiológico caracterizado pela coexistência de deficiências típicas - como deficiência mental e motora - e de deficiências associadas ao trabalho - como asma e estresse ocupacional", resume Ramalho.

Categorias
O projeto divide as pessoas portadoras de deficiência nas seguintes categorias:
- deficiência física: alteração de partes do corpo que comprometem a função física, inclusive deformidades estéticas que produzam dificuldades para o desempenho de determinadas atribuições;
- deficiência auditiva;
- deficiência visual;
- deficiência mental: função intelectual significativamente inferior à média e limitações relacionadas à comunicação, cuidado pessoal, habilidades sociais, lazer e trabalho;
- deficiência orgânica: perda ou anormalidade de uma estrutura ou função psicológica, fisiológica ou anatômica que cause incapacidade para o desempenho de atividade; e
- deficiência múltipla: associação de duas ou mais deficiências.

Tramitação
A Comissão de Seguridade está aguardando o parecer do relator, deputado Geraldo Resende (PPS-MS). Em seguida, o projeto ainda será apreciado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se aprovada, a matéria pode ser encaminhada para o Senado sem passar pelo plenário da Câmara, por tramitar em caráter conclusivo.



Da Redação/ ND

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)