Cassilândia, Domingo, 25 de Junho de 2017

Últimas Notícias

01/12/2004 15:37

Professores defendem pesquisa com células-tronco

Agência Câmara

O professor Sérgio Pena, titular da Escola de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), defendeu há pouco a pesquisa com células-tronco embrionárias. "Quem é contra deve arcar com a responsabilidade pelas mortes decorrentes da não-realização das pesquisas", advertiu o professor, que participa agora à tarde de audiência pública da Comissão Especial do Estatuto do Portador de Necessidades Especiais sobre o uso de células-tronco para fins terapêuticos.
Pena explicou que as células-tronco embrionárias podem gerar qualquer tipo de tecido humano, enquanto as células-tronco adultas só geram determinados tipos de tecido. "É um mito achar que as pesquisas dependem de fetos abortados; nos programas de fertilização in vitro são armazenados muito mais embriões que os utilizados, e a maioria acaba sendo jogada fora, quando poderia ser aproveitada para a pesquisa", argumentou o professor.
Ele concluiu afirmando que, além de permitir as pesquisas, é preciso também garantir a verba necessária. "Precisamos de uma ação coordenada, porque sem recursos nada adianta", desabafou o professor.
No momento, está falando na audiência a diretora do Centro de Estudos do Genoma Humano da Universidade de São Paulo (USP), Mayana Zatz, que também defende a liberação das pesquisas. Ela explicou que a terapia celular com células-tronco representa "um aprimoramento das técnicas de transplante de órgãos", e que em mais de 70% dos casos um óvulo fecundado não gera uma vida.



Reportagem - Patrícia Gripp
Edição - Luiz Claudio Pinheiro

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 25 de Junho de 2017
Sábado, 24 de Junho de 2017
23:07
Loteria
Sexta, 23 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)