Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/12/2004 15:37

Professores defendem pesquisa com células-tronco

Agência Câmara

O professor Sérgio Pena, titular da Escola de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), defendeu há pouco a pesquisa com células-tronco embrionárias. "Quem é contra deve arcar com a responsabilidade pelas mortes decorrentes da não-realização das pesquisas", advertiu o professor, que participa agora à tarde de audiência pública da Comissão Especial do Estatuto do Portador de Necessidades Especiais sobre o uso de células-tronco para fins terapêuticos.
Pena explicou que as células-tronco embrionárias podem gerar qualquer tipo de tecido humano, enquanto as células-tronco adultas só geram determinados tipos de tecido. "É um mito achar que as pesquisas dependem de fetos abortados; nos programas de fertilização in vitro são armazenados muito mais embriões que os utilizados, e a maioria acaba sendo jogada fora, quando poderia ser aproveitada para a pesquisa", argumentou o professor.
Ele concluiu afirmando que, além de permitir as pesquisas, é preciso também garantir a verba necessária. "Precisamos de uma ação coordenada, porque sem recursos nada adianta", desabafou o professor.
No momento, está falando na audiência a diretora do Centro de Estudos do Genoma Humano da Universidade de São Paulo (USP), Mayana Zatz, que também defende a liberação das pesquisas. Ela explicou que a terapia celular com células-tronco representa "um aprimoramento das técnicas de transplante de órgãos", e que em mais de 70% dos casos um óvulo fecundado não gera uma vida.



Reportagem - Patrícia Gripp
Edição - Luiz Claudio Pinheiro

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)