Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

31/05/2005 13:50

Produtores rurais pedem recursos do FAT para dívidas

Mirella Ramos

A manifestação que acontece hoje em todo país, coordenada pela (CNA) Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e no Estado e organizado pela Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) e Sindicatos Rurais, tem como objetivo sensibilizar o governo federal e a sociedade para uma série de reivindicações.

Entre as principais propostas o setor pede ampliação de créditos (capital de giro) para reduzir insolvência do setor, tanto para a agricultura quanto para a pecuária; renegociação e alongamento dos débitos públicos e privados, remanescentes da safra 2003/04 e da safra 2004/05; a liberação de recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), para o agronegócio; a implantação do seguro agrícola, melhoria nas condições de importação de insumos. Também são contra a mudança do índice de produtividade da propriedade rural.

Segundo o Deputado Federal Waldemir MoKa (PMDB), que faz parte da Comissão Nacional da Agricultura da Câmara Federal, já existe em Brasília (DF) uma proposta de criar um fundo, com os recursos do FAT, para beneficiar todos os seguimentos da cadeia do agronegócio, que geralmente são financiados pelo produtor, como os insumos, fertilizantes, agro químicos, máquinas, entre outros. “Como o tempo climático não está sendo propício e o valor cambial, que atualmente está em baixa, também não favorecem aos lucros do país, os produtores não têm outra saída a não ser a liberação dos recursos do FAT”, esclarece o deputado federal ressaltando que espera que a manifestação tenha bons resultados, para haver sucesso nas negociações.


Moka afirma ainda que a mobilização é necessária, para que a área econômica do governo federal entenda a gravidade do problema e assim faça uma negociação viável com os produtores neste momento de crise. “Somente uma grande mobilização em nível nacional vai mostrar às autoridades da área econômica, que há necessidade de entender a gravidade dos produtores”, finaliza o deputado.

Mirella Ramos

Decom-Casa Rural

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)