Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

31/03/2010 17:31

Presídio federal grava visita intima de preso, diz OAB

Campo Grande News/ Edivaldo Bitencourt

A OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul) confirmou a existência de câmera de vídeo e audio para gravar visita intima dos presos do Presídio Federal de Campo Grande. Além disto, a entidade solicitou uma devassa nas ações de quebra de sigilo das entrevistas entre presídios e advogados desde 2006, quando a unidade penal foi ativada na Capital.

Durante vistoria realizada a pedido do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), a comissão da OAB/MS encontrou aparelhos de gravação de audio e vídeo no parlatório dos advogados e em pelo menos uma sala de visita intima.

No entanto, a direção do presídio garantiu que os equipamentos não foram usados para gravar revistas íntimas. Já os existentes na sala dos advogados, a gravação só ocorre mediante ordem judicial.

“Já a existência do equipamento em uma sala de visita traduz o mais absoluto desrespeito à dignidade de pessoa humana. Mesmo que a sala, hoje, não esteja sendo usada, o fato do equipamento ter sido lá instalado já diz muita coisa”, afirmou o presidente da OAB/MS, Leonardo Avelino Duarte.

Além de encaminhar um relatório confirmando a existência de gravação, conforme denunciou o Campo Grande News no ano passado, a OAB/MS denunciou o envolvimento da direção do presídio, de juízes federais e de procuradores da República nas irregularidades.

Duarte pediu ao CNPM para pedir ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região cópias de todas as decisões judiciais autorizando as quebras dos sigilos das entrevistas entre advogados e presos. Também pediu cópias de todos os pareceres dos procuradores da República na Capital relativamente à quebra de sigilo nas visitas da penitenciária federal.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)