Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/06/2016 07:15

Política de aproveitamento de alimentos pode ser instituída em MS

Midiamax

Foi apresentado nesta quarta-feira (29) pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi (PMDB), um projeto de lei que propõe instituir a Política de Aproveitamento de Alimentos do Estado de Mato Grosso do Sul. Os principais objetivos, segundo o autor, são a redução do desperdício de alimentos e a normatização da captação e recebimento destes produtos.

A Política visa a doação e distribuição às pessoas carentes e às entidades de caráter social do Estado alimentos in natura ou produtos alimentícios não consumidos, perecíveis ou não, industrializados ou não, provenientes de sobras limpas de mercados, supermercados e hipermercados, feiras, restaurantes, mercados populares, entre outros, que estejam aptos ao consumo humano, mas impróprios para a comercialização.

Estes alimentos estão especificados no projeto de lei e devem estar dentro do prazo de validade, de acordo com as normas de higiene. Os alimentos que não estiverem aptos ao consumo humano serão destinados a animais, à reutilização ou à reciclagem.

A proposta ainda define que a transferência dos alimentos deverá ser de forma gratuita e não configurada como uma obrigatoriedade, mas dependerá da disponibilidade dos produtos alimentícios e dos receptores definidos pelo projeto, que ainda propõe que o Estado certifique as condições de consumo dos alimentos doados, antes da transferência.

“O Brasil está entre os 10 países que mais desperdiçam alimentos no mundo, segundo a Organização para a Agricultura e Alimentação, entidade ligada à Organização das Nações Unidas [ONU], sendo essa situação um contrassenso, considerando a quantidade de pessoas que passam fome no país”, justificou o deputado.

O projeto agora segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, antes de ser apreciado pelos deputados em plenário.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)