Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

31/10/2008 14:42

Pesquisadora dá um passo na cura do câncer

Uma substância presente no veneno de certas serpentes é capaz de impedir o surgimento de metástases, tumores secundários formados pela migração de células cancerosas. A pesquisa foi desenvolvida pela bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq, Thereza Christina Barja-Fidalgo, professora da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), do Laboratório de Farmacologia Bioquímica e Celular do Instituto de Biologia Roberto Alcântara Gomes (IBRAG).

Thereza Christina e uma equipe de cientistas comprovaram que proteínas isoladas do veneno de serpentes, as desintegrinas, reduzem a capacidade de ativação e de migração das células cancerígenas.

Ao trabalhar com desintegrinas purificadas do veneno de cobras como a Bothrops jararaca, espécie muito comum no Brasil e as serpentes asiáticas Agkistrodon rhodostoma e Trimeresurus flavoviridis, a professora e seu grupo observaram que estas estruturas são capazes de reduzir significativamente a proliferação e a migração de células de um tipo de melanoma, altamente metastásico em camundongos.
"A metástase do melanoma se dá por meio

do sangue. Quanto mais vascularizado o órgão, maiores são as chances de as células tumorais proliferarem, atingindo os pulmões, por exemplo", aponta Thereza Christina. Os pesquisadores concluíram que a ação das desintegrinas diminui as chances de formação de novos tumores, além de reduzir a atividade das células do melanoma, inibindo o crescimento acelerado do tumor.

Ação bloqueadora

A proliferação e a sobrevivência da célula cancerosa depende da sua capacidade de aderir a outras células e migrar dentro do organismo. Para que isso ocorra, é necessária que ocorra a interação entre as próprias células, que é feita por proteínas da família das integrinas e seus ligantes na matriz extracelular. As integrinas, uma vez reconhecendo seus ligantes, enviam sinais intracelulares que alteram o comportamento das células e influenciam na migração celular, no ciclo e na morte celular.

As desintegrinas têm em sua estrutura molecular elementos muito semelhantes aos de proteínas da matriz extracelular. E exatamente por causa dessa semelhança, a desintegrina "engana" a célula cancerosa interagindo com a integrina e impedindo sua associação às proteínas de matriz e, portanto, a migração do tumor e a transmissão de sinais intracelulares

Embora nos experimentos com camundongos as desintegrinas tenham se mostrado promissoras na terapia antitumoral e antimetastásica, a professora diz que estas proteínas devem ser encaradas como protótipos para o desenho de novas drogas, capazes de reproduzir tais efeitos em humanos, pois sua obtenção a partir de veneno bruto ainda é cara e de pouco rendimento. "O veneno das cobras é uma matéria-prima muito cara. Estamos tentando obter fontes mais baratas de desintegrinas, criando bactérias capazes de produzir essas proteínas responsáveis pela ligação seletiva a integrinas, obtendo assim uma fonte barata da substância", afirma Thereza.









Assessoria de Comunicação do CNPq

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)