Cassilândia, Terça-feira, 30 de Maio de 2017

Últimas Notícias

15/09/2006 15:24

Pesquisa diz que 1/3 da população tinha celular em 2005

Quase 60 milhões de pessoas, ou um terço da população, tinham telefone celular para seu próprio uso em 2005. No ano passado, o celular também superou o número de linhas fixas de telefone das residências do país.

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2005, divulgada hoje (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o percentual de moradias com celular passou de 47,8% em 2004 para 59,3% em 2005, enquanto o número de linhas fixas caiu de 48,9% para 48,1%.

A pesquisa mostra que a posse do celular foi maior entre as pessoas com mais renda e escolaridade, concentrada na região Sudeste. Os homens foram os maiores usuários do aparelho. O estudo também revelou que de 2001 para 2005 a proporção de residências que contavam somente com celular subiu de 7,8% para 23,6%.

A economista do IBGE, Márcia Quintslr, atribuiu a preferência pelo telefone celular ao alto custo da telefonia fixa. “Com a facilidade da aquisição do plano pré-pago, ou seja, o telefone de cartão, muita gente consegue controlar os gastos melhor do que com uma linha fixa em casa”, explicou.

A doméstica Ilza da Conceição, moradora do subúrbio de Madureira, no Rio de Janeiro, disse que já teve uma linha fixa em casa, mas que o dinheiro que ganha por mês não dá para pagar a conta.

Ela diz que agora só tem celular de cartão e que é muito mais barato do que pagar uma conta de telefone no final do mês. “Com um cartão de R$ 20,00 por mês eu falo com minha patroa, com minhas amigas e ainda agendo faxina pelo telefone celular”.


Agência Brasil

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 30 de Maio de 2017
Segunda, 29 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Domingo, 28 de Maio de 2017
Sábado, 27 de Maio de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)