Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

24/10/2012 18:50

Perto de "nascer", Paraíso não tem Câmara nem Prefeitura

Gabriel Neris, Campo Grande News
Prefeito Ivan XixiBritonewsPrefeito Ivan XixiBritonews

Paraíso das Águas começará a existir oficialmente como município no dia 1º de janeiro de 2013. O prefeito Ivan da Cruz Pereira (PMDB), conhecido como Ivan Xixi, e os nove vereadores eleitos terão a árdua missão de administrar sem arrecadar, inicialmente.

Nem mesmo as sedes da Prefeitura e a Câmara de Vereadores estão definidas. De acordo com o vereador eleito Roberto Carlos da Silva (PR), segundo mais votado entre 45 candidatos, dois prédios estão em construção. “O prédio da Câmara será entregue a tempo”, diz.

Entretanto, a Prefeitura deve ser instalada onde funciona, atualmente, a subprefeitura. “Teremos que alugar, não tem como comprar”, avalia o prefeito.

A preocupação em relação aos gastos do município é generalizada. Roberto Carlos calcula que Paraíso das Águas deve arrecadar entre R$ 1 milhão e R$ 1,2 milhão com impostos. Ele acredita que as secretarias terão que ser mescladas no início. “Temos que ter pessoal com cargo técnico, e não cargo político”, afirma.

“A preocupação é muito grande. O início será com dívida, temos médicos, remédios, oficinas, funcionários”, comenta o vereador Anísio Andrade (DEM), que completará quatro anos na Câmara de Costa Rica e assumirá no ano que vem uma das cadeiras de Paraíso das Águas.

O prefeito avisa que o número de funcionários será o menor possível. “Vamos depender do repasse do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) e do FPM (Fundo de Participação dos Municípios). A partir do segundo, terceiro mês é que vamos ter noção”, avisa.

“Temos que correr atrás de alterações de todos os domicílios para providenciar o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano”, diz Roberto Carlos.


Investimento – Ivan diz que a prioridade no início de mandato é a construção de um hospital. O prefeito calcula que o investimento pode chegar a R$ 2 milhões. “Precisamos de um hospital. Temos atualmente um posto de saúde com médicos, dentistas, mas que não funciona 24 horas”, diz.

De acordo com o prefeito eleito, em casos de urgência e emergência, feriados e finais de semanas, os moradores têm que recorrer ao hospital de Costa Rica e até mesmo para Campo Grande.

Outra reivindicação é o sinal de telefonia móvel. A comunicação no município é restrita aos telefones fixos.

A malha viária também é uma das preocupações do prefeito. “Precisamos de estrada e maquinário. Ainda temos alunos que vão para a escola e ficam esperando o ônibus às 4h, 5h da manhã”.

De acordo com o vereador Roberto Carlos, são mais de 20 linhas de ônibus para buscar os alunos. Paraíso das Águas conta com uma escola estadual e outra municipal no seu perímetro urbano.

Ivan comenta que se reuniu com empresários para criar o Parque Industrial. Em busca de novos empregos, o prefeito aposta no investimento de um frigorífico para gerar pelo menos mais 300 empregos. “Hoje são 200 cabeças abatidas por dia”. A expectativa é que 800 cabeças sejam abatidas com o reforço de funcionários.

O município mais novo de Mato Grosso do Sul também conta com quatro PCHs (Pequenas Centrais Hidrelétricas).

Perfil – Atualmente com cerca de quase 5 mil habitantes, Paraíso das Águas foi transformado em município no dia 3 de dezembro de 2009, pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski.

São 62 km de distância de Costa Rica em estrada de terra. A distância aumenta quando o percurso é feito pelo asfalto, chegando a 115 km.

Ivan foi eleito com 2.265 votos, o que representa 81,18% dos votos. Seu concorrente, José Hilário Grisuk (PT), recebeu 525 votos, totalizando 18,82%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)