Cassilândia, Terça-feira, 25 de Abril de 2017

Últimas Notícias

02/09/2008 07:51

Pedreiro condenado por tentar matar a avó

TJGO

Em sessão presidida pela juíza Zilmene Gomide da Silva Manzolli, do 2° Tribunal do Júri de Goiânia, o pedreiro e metalúrgico Jailton de Jesus Pereira, de 33 anos, foi condenado ontem (1°) a 11 anos e 4 meses de reclusão, em regime inicialmente fechado, por tentar matar a avó Aurelina Maria de Jesus, 74. O crime ocorreu na tarde de 14 de janeiro de 2007, no Condomínio Estrela D’ Alva.

De acordo com a denúncia, Jailton estava na casa da sua avó e ao chamá-la de forma dissimulada para pedir um abraço, o réu passou a desferir golpes na cabeça dela com uma panela de pressão. No instante em que a vítima caiu no chão, o acusado sentou sobre a vítima, enforcou-a com uma das mãos ao mesmo tempo em que dava mais golpes com o utensílio doméstico.

Consta que o réu agiu com intenção de matar a vítima, o que não ocorreu devido à intervenção de terceiros que ouviram os gritos da vítima e entraram na casa dela, impedindo que o pedreiro consumasse o crime. O réu é reincidente, tendo sido condenado pela prática de homicídio qualificado e por roubo.

Em plenário, o Ministério Público (MP) pediu a condenação do réu por homicídio qualificado, devido a uso de recurso que dificultou a defesa da vítima, além de a vítima ser maior de 60 anos. A defesa apresentou a tese de negativa de autoria, mas, os jurados acolheram a tese de acusação, por maioria. (Juliana Faleiro)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 25 de Abril de 2017
Segunda, 24 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)